terça, 30 de novembro de 2021

Assange é condenado a 50 semanas de prisão por violar medida de coação

01 maio 2019 - 08h57Por Agência Brasil

O fundador da Wikileaks, Julian Assange, foi condenado ontem (30) a 50 semanas de prisão por ter violado uma medida de coação no Reino Unido.

Ele foi sentenciado por ter violado uma medida de coação de liberdade condicional há quase sete anos, tendo aproveitado esse tempo para se refugiar na Embaixada do Equador em Londres, em 2012.

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, deixa o Tribunal de Magistrados de Westminster na van da polícia, depois de ser preso em Londres, na Grã-Bretanha.
Julian Assange foi preso em Londres  (Arquivo/REUTERS/Henry Nicholls/Direitos Reservados)

Agora, a justiça britânica condenou o fundador da Wikileaks a 50 semanas de prisão no Reino Unido.

A decisão surge quase um mês depois de Assange ter sido detido pela justiça britânica, depois de o presidente do Equador, Lenín Moreno, ter anunciado, no último dia 11, que iria retirar asilo diplomático ao ativista australiano.

*Com informações da RTP (emissora pública de televisão de Portugal)

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content