Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Crescimento

Ações da Sabesp operam com queda de quase 3%; lucro no trimestre avançou 11,5%

10 maio 2019 - 12h24Por Investing.com
Investing.com - Na parte da manhã desta sexta-feira na bolsa paulista, as ações da Sabesp (SA:SBSP3) operam com queda de 2,82% a R$ 46,45. A companhia teve lucro líquido de R$ 647,3 milhões no primeiro trimestre, expansão de 11,5% sobre o mesmo período do ano passado. A empresa, alvo de interesse de privatização pelo governo estadual, teve alta de 10,4% no resultado operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado, a R$ 1,54 bilhão. Analistas, em média, esperavam Ebitda de 1,52 bilhão de reais, segundo dados da Refinitiv. Não foi possível determinar de imediato se os números são comparáveis. A receita operacional líquida teve crescimento de 4,8 por cento, para 3,88 bilhões de reais, enquanto custos e despesas subiram 7,9 por cento, a 2,15 bilhões de reais. A expectativa média de analistas para o faturamento era de 3,72 bilhões de reais.

O seu dinheiro está no banco sem render absolutamente nada? Abra uma conta na Órama e comece a investir!

O crescimento da receita veio com alta de 3,1 por cento no volume faturado no primeiro trimestre, correspondente a 0,3 por cento de ganho em água e 6,6 por cento em esgoto. Além disso, pesou nesta linha início de prestação de serviços da empresa para a prefeitura de Guarulhos, em janeiro, num total arrecadado de 70,2 milhões de reais. A Coinvalores chama atenção para o avanço anual de 6,5% no número de ligações de água e de 7,5% em esgoto, que impulsionou o volume faturado do trimestre. Além disso, a receita líquida também foi beneficiada pelo reajuste tarifário, aplicado em meados do ano passado, e pelo início da prestação de serviço no município de Guarulhos. Os analistas vislumbram que a divulgação não deve movimentar os papéis da companhia de forma relevante hoje. O andamento da MP 868/18, que altera o marco regulatório do setor, no plenário da Câmara e as expectativas em torno de uma possível privatização continuam como os principais drivers para as ações SBSP3 no curto prazo. No entendimento da Mirae Asset, no geral o resultado foi bom, e acima da expectativa e tirando os não recorrentes e os novos eventos, o resultado veio em linha com o esperado. No momento, o principal catalisador para a SBSP3 continua sento a MP 868 e sua aprovação no Senado. Devido à falta de upside, a recomendação é neutra no momento
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: