Menu
Busca quinta, 28 de outubro de 2021
Black Friday

5 dicas de startups para economizar na Black Friday

18 novembro 2020 - 13h14Por Redação SpaceMoney

Com aproximação de uma nova edição da Black Friday, em 27 de novembro, varejistas do mundo todo esperam pela oportunidade de alavancarem suas vendas. Mesmo com a crise econômica gerada pela pandemia de covid-19, consumidores aguardam preços menores para comprarem itens de diversos segmentos com descontos e melhores condições de pagamento.

Porém, não há só benefícios na data: promoções falsas ou não tão vantajosas quanto parecem já renderam até mesmo o apelido de “Black Fraude” para o dia mais aguardado do varejo.

Para evitar situações desvantajosas, Carlos Terceiro, CEO e fundador da Mobills, startup de gestão de finanças pessoais, faz um alerta: "A Black Friday pode ser uma boa oportunidade para comprar itens que você precisa e que estão com uma boa promoção, porém a data pode incentivar um consumismo desnecessário que é capaz até de resultar em dívidas".

Pensando em ajudar os consumidores a aproveitarem a data sem prejuízos, o executivo da Mobills e o CEO da plataforma de negociação de dívidas QuiteJá, Luiz Henrique Garcia, prepararam uma lista com dicas que podem garantir uma economia real e desfalques no orçamento dos consumidores.

Black Friday mais consciente

Faça uma lista: Separe e priorize os produtos. Aqueles que você realmente precisa devem ocupar o topo da lista, enquanto os que deseja, porém podem esperar um pouco mais para comprar, ficam para o final.

Efetue seu cadastro: Adiante uma etapa essencial das compras e faça o cadastro nos sites em que comprará os produtos. Esse passo é importante para prevenir dores de cabeça com páginas congestionadas ou falhando no grande dia.

Confira se a loja é confiável: Visite sites de avaliação de consumidores, como o Reclame Aqui e o Procon, e confira a reputação daquela loja que vende os produtos em que está de olho. Essa ação pode evitar com que você caia em falsas promoções ou acabe sofrendo um golpe financeiro.

Estabeleça um limite: Muitas vezes as promoções tentadoras levam os consumidores a estourar os gastos. Para evitar que isso aconteça, analise cuidadosamente o seu orçamento antes e defina um limite para suas compras.

Use o Cashback para ampliar seu desconto: Atualmente diversas plataformas oferecem a opção de cashback para os clientes. Pesquise e informe-se sobre o serviço que devolve parte do dinheiro das compras para o consumidor e pode gerar ainda mais economia nessa Black Friday. 

Com informações da agência Fala Criativa

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: