domingo, 14 de agosto de 2022
Alta do petróleo

Petróleo prolonga rali com poucas interrupções após previsão de 4ª semana consecutiva de aumento

WTI fechou em alta de 0,6%, a US$ 82,96 por barril. Brent terminou negociação de com alta de 0,9%, a US$ 85,08

19 outubro 2021 - 18h26Por Investing.com

Por Barani Krishnan, da Investing.com - Os preços do petróleo fecharam perto das máximas de sete anos na terça-feira (19), subindo com base na premissa de um arrocho global na oferta apesar das previsões apontarem para a quarta semanal consecutiva de aumento do estoque da commodity nos EUA.

O petróleo WTI, negociado em Nova York e referência de preço nos EUA, fechou em alta de US$ 0,52, ou 0,6%, a US$ 82,96 por barril. Na segunda-feira, o WTI atingiu a máxima de sete anos, a US$ 83,87, antes de encerrar o dia pouco abaixo desse nível.

Brent, cotado em Londres e referência mundial de preço, terminou a negociação de terça-feira com alta de US$ 0,75, ou 0,9%, a US$ 85,08. Ele havia atingido a máxima em três anos, a US$ 86,04, no pregão anterior. 

"A volatilidade nos preços do petróleo chegou para ficar enquanto a incerteza em torno da demanda permanecer elevada no curto prazo", afirmou Ed Moya, analista da plataforma de negociação online OANDA. "Tendo em conta a incessante sequência de ganhos, os preços do petróleo estão prontos para rodadas significativas de realização de lucro Mas qualquer recuo pode ser limitado, já que a perspectiva de curto prazo ainda é muito bullish".

Na terça-feira, os preços do petróleo tiveram o apoio de notícias indicando que os inspetores nucleares ocidentais não estavam conseguindo fazer progressos nas conversas com o Irã, o que seria crucial para se defender uma redução das sanções dos EUA ao petróleo de Teerã, proporcionando algum alívio à pressão global sobre a oferta.

O chefe da Agência Internacional de Energia Atômica observou que a vigilância na instalação iraniana de Tesa Karaj não estava mais "intacta".  As expectativas de que Teerã iria voltar em breve à mesa de negociações a fim de reviver o acordo nuclear de 2015 estavam aumentando.

Os ganhos mais recentes do WTI e do Brent, que apresentam alta de aproximadamente 60% cada no ano, vieram às vésperas do relatório semanal sobre os estoques de petróleo bruto, gasolina e destilados dos EUA divulgados pelo American Petroleum Institute às 17h30. Os números servem como uma prévia dos dados semanais oficiais de estoques que serão divulgados na quarta-feira pela EIA, ou Energy Information Administration dos EUA. 

Os analistas acompanhados pelo Investing.com preveem que os estoques de petróleo tenham aumentado em 1,86 milhão de barris na encerrada em 15 de outubro, em comparação com o acúmulo da semana anterior de 6,09 milhões de barris.

Os estoques da gasolina provavelmente caíram em 1,27 milhão de barris, após uma queda de 1,96 milhão na semana anterior, indicam as previsões.

Prevê-se que os estoques de destilados, que incluem diesel e óleo para aquecimento, tenham caído 700.000 barris, estendendo o recuo da semana anterior de 24.000 barris.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: