Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Expectativa de crescimento

Inter: com volta da normalidade, hospitais e operadoras continuam boas opções

Há expectativa por um aumento significativo dos beneficiários de planos de saúde para os próximos anos

11 outubro 2021 - 17h11Por Investing.com

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - Considerando o avanço da vacinação contra a covid-19 e o arrefecimento da pandemia, o Inter revisou as suas análises para hospitais e operadoras do segmento de saúde. A ideia é que, com a volta da normalidade e a tendência de crescimento de novos usuários de planos de saúde, as empresas desse setor devem se beneficiar no longo prazo.

O Inter espera que os hospitais tenham bons resultados operacionais nos próximos meses, com alívios nos custos e melhora nas margens. Além disso, os analistas acreditam que há uma demanda reprimida por procedimentos eletivos, além da maior preocupação com a saúde, e que isso deve se estender para o ano de 2022, sustentando uma tese estrutural positiva no curto e médio prazo.

Outro ponto destacado pelo relatório é a expectativa por um aumento significativo dos beneficiários de planos de saúde para os próximos anos. Isto tem impacto positivo e direto sobre empresas como Rede D'Or (SA:RDOR3) e Mater Dei (SA:MATD3), porque mais pessoas poderão utilizar os serviços hospitalares privados ao invés do SUS.

Assim, o Inter recomenda compra das duas ações, com preço-alvo de R$ 92 para a Rede D’Or, e de R$ 26 para Mater Dei.

Sobre as operadoras, a sinistralidade dessas empresas alcançou patamares elevados com a alta de internações por causa do coronavírus. Porém, com o sucesso da vacinação, o Inter espera que, nos próximos resultados, haja um aumento de receita e uma redução da sinistralidade, o que devem fazer com que as margens das companhias retornem gradualmente aos patamares pré-pandemia.

O relatório recomenda compra das ações de Notre Dame (SA:GNDI3), Hapvida (SA:HAPV3) e Odontoprev (SA:ODPV3), com preços-alvos em R$ 96, R$ 17 e R$ 14,40, respectivamente.

O Inter ainda destaca a fusão entre Notre Dame e Hapvida que, caso seja aprovada pelo Cade, tem potencial de tornar a empresa líder absoluta em convênios no país. A estimativa é que, com a combinação dos negócios, os ganhos de sinergia serão altos, principalmente por uma diminuição de custos e despesas, além de um maior poder de barganha.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: