Menu
Busca quinta, 28 de outubro de 2021
Internacional

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quarta-feira

17 fevereiro 2021 - 12h19Por Investing.com

Por Geoffrey Smith

Investing.com - A tempestade de gelo no Texas continua, empurrando os preços do petróleo para as novas máximas em 13 meses. Os rendimentos dos títulos americanos também atingiram máximas em 12 meses, com a reflação ganhando força. Warren Buffett reduz as apostas na Apple ({{NASDAQ:AAPL) (SA:AAPL34) e investe dinheiro na Verizon (NYSE:VZ) (SA:VERZ34) e na Chevron (NYSE:CVX) (SA:CHVX34). Os dados de vendas no varejo e produção industrial ficam no radar.

No dia de quarta-feira de Cinzas no Brasil, o EWZ, principal ETF brasileiro negociado em Nova York, caía 0,5% no pré-mercado, enquanto os ADRs da Vale (SA:VALE3) e da Petrobras (SA:PETR4) caíam 0,11% e subiam 0,65%, respectivamente.

Aqui está o que você precisa saber sobre os mercados financeiros na quarta-feira, 17 de fevereiro.

1. Texas ainda congelado; petróleo atinge maior alta em 13 meses

A crise de energia que afeta o Texas se arrasta para o quarto dia, com centenas de milhares de residências e empresas em todo o estado sem energia.

O operador de rede ERCoT disse na noite de terça-feira que “está restaurando a carga o mais rápido possível de maneira estável”, mas observou que espera que as interrupções durem até quarta-feira.

“As unidades geradoras de vários tipos de combustível continuam a lutar contra as temperaturas frias”, acrescentou.

Ao contrário dos primeiros relatórios que atribuíam as interrupções principalmente à falha das turbinas eólicas do estado, agora está claro que todas as fontes de energia foram afetadas pela onda de frio. Além disso, várias usinas de energia se desligaram em vez de pagar preços à vista pelo gás natural, que a regulamentação atual as proíbe de repassar aos consumidores. O fornecimento de gás foi afetado não apenas por poços congelados, mas também por uma maior demanda que levou a uma queda na pressão do duto.

Os preços do petróleo bruto permanecem em níveis elevados devido à perda da produção de petróleo do Texas. Os contratos do WTI subiam 0,18% a US$ 60,16 o barril, enquanto Brent avançava 0,51% a US$ 63,66.

2. Reflação atinge títulos

Os rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA atingiram o maior nível em quase um ano depois que o presidente Joe Biden sublinhou um dilúvio de oferta ao prometer novamente "gastar muito" para apoiar a recuperação econômica da pandemia.

O rendimento da nota de 10 anos subiu até 1,33% antes de recuar para 1,301% perto das 11h00. O rendimento de 30 anos atingiu um pico de 2,11% antes de voltar para 2,057%. Com as taxas curtas bloqueadas em ou perto de zero pelo Federal Reserve, a curva de rendimento está agora no seu ponto mais íngreme em anos.

Embora os rendimentos mais alto tenham elevado o índice do dólar ao maior nível em uma semana, eles não pararam de apostar na depreciação da moeda fiduciária. O preço do Bitcoin avançou mais 5% para US$ 51.500.

3. Ações devem abrir em queda; Shopify, balaço do Hilton no radar

Os mercados de ações dos EUA devem dar um suspiro na abertura, depois de registrar novos recordes na terça-feira, ajudados por um forte desempenho das ações de energia por trás do que provavelmente será apenas uma onda de frio temporária.

Às 11h13, Dow Jones futuros caía 0,28%, enquanto o contrato S&P 500 futuros e o NASDAQ futuros recuavam 0,44% e 0,87%.

Shopify (NYSE:SHOP), Analog Devices (NASDAQ:ADI) (SA:A1DI34) e Hilton (NYSE:HLT)(SA:H1LT34) lideram a lista de ganhos do dia, com a Marathon Oil (NYSE:MRO) (SA:M1PC34) e a mineradora de lítio Albemarle (NYSE:ALB) (SA:A1LB34) relatando após o fechamento.

4. Buffett reduz participação na Apple para apostar na Chevron, Verizon, Marsh

Warren Buffett reduziu sua aposta na Apple e aplicou parte dos lucros em apostas multibilionárias na Chevron, Verizon e na corretora de seguros Marsh & McLennan (NYSE:MMC) (SA:M1MC34), de acordo com um documento da SEC divulgado pela Berkshire Hathaway (NYSE:BRKa) (SA:BERK34) após o fechamento de terça.

A participação da Berkshire na Verizon (NYSE:VZ), a maior operadora de celular dos EUA, valia US$ 8,6 bilhões em 31 de dezembro, enquanto sua participação na Chevron (NYSE:CVX) era de US$ 4,1 bilhões.

A Berkshire continua sendo o maior investidor institucional da Apple (NASDAQ:AAPL) com uma participação de US$ 120 bilhões.

5. Vendas no varejo, produção industrial no radar

As vendas no varejo dos EUA subiram 5,3% em janeiro na base mensal, contra a expectativa de alta de 1,1% e acima da queda de 1% do mês anterior. Na base anual, o índice avançou 7,43%.

O país também divulgou os dados de produção industrial do mesmo mês, com alta de 0,9% ante expectativa de alta de 0,5% na base mensal.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: