terça, 16 de abril de 2024
Criptomoedas

Volume de negociação em exchanges de criptomoedas dispara em março, ultrapassando recorde de 2021

Aumento para quase US$ 2,5 trilhões é impulsionado pelo Bitcoin (BTC) e ETFs

03 abril 2024 - 13h39Por Redação SpaceMoney

Março foi um mês positivo para o mercado de criptomoedas. O volume de negociação à vista em exchanges centralizadas disparou, ultrapassando a marca de US$ 2,48 trilhões, segundo o painel de dados do The Block.  Esse valor representa o maior volume mensal desde novembro de 2021.  

A alta do volume começou em setembro de 2023, saindo de um patamar de US$ 324 bilhões. Desde então, o volume subiu de forma consistente, atingindo US$ 1 bilhão em dezembro e janeiro, e US$ 1,2 bilhão em fevereiro. 

Crypto.com lança aplicativo de negociação de criptomoedas para varejo na Coreia do Sul

Vários fatores contribuíram para esse movimento positivo, como a recente alta do Bitcoin (BTC). A principal criptomoeda ultrapassou seu recorde anterior de ciclo, superando a marca de US$ 69 mil. Nesta quarta-feira (3), o BTC é negociado acima de US$ 66 mil, com uma queda de 4,39% na semana.  

 Além disso, o lançamento de ETFs de Bitcoin e o recorde o volume médio móvel de sete dias que atingiu um pico de US$ 100 bilhões no dia 10 de março também influenciaram no crescimento do setor.  

A exchange Binance foi considera líder do mercado spot, com um volume mensal de US$ 1,1 trilhão, o que representa uma fatia de 45,5% do mercado. Upbit, Bybit, OKX e Coinbase ficaram na sequência, completando o ranking das cinco maiores exchanges. 

O mercado de futuros de Bitcoin também experimentou um crescimento exponencial em março, atingindo um volume mensal recorde de US$ 2,45 trilhões.  Esse valor só fica atrás do volume registrado em maio de 2021. 

 

Maximize seus investimentos com a expertise da Ipê Investimentos, associada à Necton BTG Pactual. Abra sua conta e trilhe o caminho da prosperidade!