quarta, 22 de maio de 2024
Criptomoedas

Bitcoin (BTC) enfrenta riscos de correção de preços devido à pressão de venda de curto prazo

Analistas apontem que mercado de criptomoedas pode estar se preparando para um momento positivo

27 dezembro 2023 - 13h35Por Redação SpaceMoney
 - Crédito: André François/Unsplash

O Bitcoin (BTC) continua a enfrentar riscos de correção de preços, com analistas alertando para a possibilidade de uma queda se a pressão de venda de curto prazo persistir

“Esperamos mais redução se os detentores de curto prazo e a alavancagem de varejo continuarem a desempenhar um papel dominante no mercado e causarem uma retração contínua em um ambiente de mercado relativamente ilíquido na temporada de férias”, disse o chefe de derivativos da Bitfinex, Jag Kooner, ao The Block.

Kooner, afirmou que o BTC corre o risco de uma correção de preço acima da marca de US$ 44.000. Para ele, esse nível seria como um ponto de realização de lucro para detentores de médio prazo.

Kooner apontou que a realização de lucros por parte dos detentores de curto prazo do Bitcoin foi um dos principais fatores que contribuíram para a recente queda de preço da criptomoeda. Ele disse que “os lucros dos detentores de curto prazo ficaram superaquecidos, o que resultou na nossa atual crise”. 

Porém, um relatório recente da Bitfinex, relata que houve 67 dias consistentes de lucratividade líquida realizada de BTC para todos os grupos de detentores de BTC. “Esta é a mais longa sequência de lucros realizados desde o período de outubro de 2020 a fevereiro de 2021. Tais sequências geralmente levam a correções de mercado em mercados em alta”, escreveram vários analistas da Bitfinex. 

Eles também apontaram que o mercado pode sofrer quedas antes de atingir o máximo até o final de 2024, como já aconteceu anteriormente. “As avaliações atuais do bitcoin implicam que o ambiente de mercado é análogo ao período em torno Junho de 2019 e julho de 2016, que viram quedas iniciais no preço antes de recuperações sustentadas. Esperávamos que ocorresse um retrocesso após o bitcoin marcar a zona de US$ 44.000 a US$ 45.000 e por que esperamos que os preços variem ainda mais nesses preços ou retrocesso em vez de um movimento imediato para cima.”