Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Warren

Warren troca dois ativos na carteira de novembro; confira composição

03 novembro 2020 - 11h29Por Investing.com

Por Ana Julia Mezzadri - Investing.com - Em sua carteira recomendada para o mês de novembro, a Warren realizou duas trocas: foram retiradas as ações de Banco do Brasil (SA:BBAS3) e JBS (SA:JBSS3), dando lugar às de Intermédica (SA:GNDI3) e Lojas Americanas (SA:LAME4).

Assim, a carteira do mês é composta de ações de Ambev (SA:ABEV3), B3 (SA:B3SA3), Bradesco (SA:BBDC4), Intermédica (GNDI3), Klabin (SA:KLBN11), Lojas Americanas (LAME4), Magazine Luiza (SA:MGLU3), MRV (SA:MRVE3), Petrobras (SA:PETR4) e Vale (SA:VALE3). 

Sobre a B3, a corretora explica que a alta volatilidade do mercado, o aumento na entrada de pessoas físicas na bolsa e a expansão dos IPOs tem contribuído para aumentar o volume e operações da empresa, impactando nas receitas. 

Para Vale e Klabin, a escolha se deve ao bom momento do setor de commodities, com aumento do preço e depreciação da taxa de câmbio. Na perspectiva da Warren, as empresas têm bastante potencial para os próximos meses.

Em relação à Petrobras, a corretora acredita que, apesar do prejuízo inesperado no terceiro trimestre, os resultados operacionais reportados pela empresa foram bons, além da continuidade da política de desinvestimento, que traz estrutura mais eficiente.

O Bradesco, por sua vez, reportou resultados melhores do que o esperado, com aumento nos lucros, manutenção de baixos índices de inadimplência e redução de custos fixos.

Sobre a MRV, a corretora destaca as taxas de juros em mínimas recordes, o incentivo do sistema financeiro a financiamento de imóveis e a demanda crescente, criando um bom momento para o setor, que deve continuar. 

Para a Magazine Luiza, a Warren aponta as aquisições para complementar a estratégia de negócios e o aumento de investimentos no mercado digital, que tem muito potencial. A Intermédica também se destaca, para a corretora, pelas diversas aquisições que fortalecem e ampliam sua estrutura operacional. A Warren vê um bom cenário para o setor e a manutenção dos ganhos de eficiência.

Em relação à Lojas Americanas, o destaque é para o resultado do último trimestre, positivo mesmo com o fechamento das lojas físicas. O mesmo ocorreu com a Ambev, que sofreu com o fechamento de bares e restaurantes, mas manteve resultados financeiros positivos.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: