Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
São Paulo

Vendas reais da indústria paulista avançam 0,9% em abril, mostra levantamento

As Horas Trabalhadas na Produção apresentaram leve recuo de 0,2% em abril

27 maio 2021 - 13h32Por Redação SpaceMoney

As vendas reais da indústria paulista registraram crescimento de 0,9% em abril ante o mês de março, excluídos os efeitos sazonais, apontou levantamento da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), divulgado nesta quinta-feira (27).

As Horas Trabalhadas na Produção apresentaram leve recuo (-0,2%) em abril e o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) atingiu 80%, uma alta de 0,2 pontos percentuais frente a março. Com esse resultado, o NUCI se manteve acima da média histórica (79,4%), sugerindo leve aumento das atividades industriais em São Paulo.

Segundo a Fiesp e Ciesp, uma das razões para a recuperação da indústria em 2021 foi o "aprendizado acumulado ao longo dos meses", reflexão da adoção de "protocolos eficientes".

Sensor

Em maio, o Sensor (levantamento com o objetivo de ter a informação do andamento da atividade da industria de transformação) subiu 5 pontos, fechando em 53,9 pontos, na série com ajuste sazonal, resultado superior ao de abril quando registrou 49,6 pontos.

O indicador Mercado registrou um aumento de 4,5 pontos, passando de 47,2 em abril para 51,7 em maio. As Vendas também apresentaram crescimento em relação ao mês anterior. Ao avançar 3,3 pontos, o indicador chegou aos 54 pontos em maio. Números acima de 50 pontos indicam evolução no período.

Já o indicador de nível de Emprego teve leve desaceleração ao passar de 51,9 pontos em abril para 51,2 pontos em maio. Vale ressaltar que, por se encontrar acima dos 50 pontos, o indicador sinaliza aumento do emprego no mês.

Os Estoques permaneceram com os níveis abaixo do planejado pelas empresas, passando de 51,6 para 53 pontos em maio. Leituras superiores a 50 pontos indicam estoque abaixo do desejável, ao passo que inferiores a 50 pontos representam sobrestoque.

Por fim, outro destaque postivo foi o resultado do índice de Investimento, fator principal para a melhora do índice geral. Ao registrar 53,8 pontos em maio, o indicador teve aumento de 10,8 pontos em relação a leitura de abril (42,9 pontos). Como o resultado está acima dos 50 pontos, há expectativa de aumento dos investimentos para este mês.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: