Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Rede social

Twitter salta para máxima de 6 anos após JPMorgan elevar recomendação para compra

16 dezembro 2020 - 16h48Por Investing.com

Por Christiana Sciaudone, da Investing.com - Twitter Inc (NYSE:TWTR) (SA:TWTR34) chegou a saltar 5,6% depois de receber um impulso do JP Morgan como uma das principais opções do banco para 2021.

Por volta das 16h48, os papéis da rede social do pássaro azul diminuíram o apetite e saltavam 3,14% a US$ 54,47.

O analista Doug Anmuth elevou as ações de neutro para um equivalente de compra e elevaram o preço-alvo de US$ 52 para US$ 65, de acordo com a StreetInsider.

As ações estão sendo negociadas em seu nível mais alto desde 2014 e subiram mais de 70% em 2020.

"Estamos otimistas com a publicidade online em 2021 e esperamos que o crescimento da indústria volte a acelerar", disse o analista em nota.

O Twitter deve mostrar a maior recuperação após uma queda mais acentuada nos anúncios em 2020, e um plano de recompra deve ajudar a apoiar as ações, disse o JP Morgan. A empresa de mídia social está negociando com desconto ante os rivais Snap Inc (NYSE:SNAP) (SA:S1NA34) e Pinterest (NYSE:PINS), que crescem mais rápido, mas Anmuth disse que o Twitter está "subavaliada."

As ações estão sendo negociadas cerca de 57 vezes a relação preço/lucro futuro, em comparação com os 104 vezes do Pinterest e 417 vezes do Snapchat, de acordo com o Yahoo. Embora o Twitter possa parecer barato em comparação com esses concorrentes, é caro no geral - a proporção média do P/L das empresas da Nasdaq é de 21 vezes, de acordo com Zacks.

JPMorgan (NYSE:JPM) é uma das sete classificações de compra da ação. Possui 19 recomendações neutra e uma de venda, de acordo com dados compilados pela Investing.com.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: