domingo, 28 de novembro de 2021
Balanços

Saúde: 1º tri deve ser misto, diz BTG, Rede D'Or é preferida

Os números do trimestre devem mostrar crescimento orgânico de clientes para a maioria dos players

26 abril 2021 - 18h31Por Investing.com
Campanha Black Friday 2021 - Warren

Por Ana Julia Mezzadri, da Investing.com - Os balanços do primeiro trimestre das companhias do setor de saúde devem ser mistos, na perspectiva do BTG Pactual, com destaque positivo para as empresas provedoras de serviços.

Os números do trimestre devem mostrar crescimento orgânico de clientes para a maioria dos players, mas piora dos índices de sinistralidade, reflexos da retomada de volumes e da maior demanda de pacientes com Covid-19.

Nesse sentido, apesar de a previsão ser de um trimestre apagado para a maioria das companhias, as provedoras de serviços de saúde devem se beneficiar da alta na frequência e, na maioria dos casos, de margens melhores.

Em seu universo de cobertura de saúde, o BTG recomenda Compra para Rede D’Or (SA:RDOR3), NotreDame Intermédica (SA:GNDI3) e SulAmérica (SA:SULA11), por considerar que as empresas estão bem posicionadas para se beneficiar da tendência de consolidação do setor.

A Rede D’Or, inclusive, é a top pick do banco no setor, devido ao momento de ganhos atrativos, à forte atividade de M&A, a drivers de crescimento consideráveis e à alta lucratividade.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content