domingo, 03 de março de 2024
Novos capítulos

PT aciona TCU para barrar assembleia sobre privatização da Eletrobras (ELET3)(ELET6)

Parlamentares alegam irregularidades no processo de venda da Eletrobras e também dizem que a venda não pode ocorrer por duas propostas de fiscalização e controle (PFCs) em tramitação na Câmara

07 fevereiro 2022 - 09h16Por Redação SpaceMoney

O líder da bancada do PT na Câmara, Reginaldo Lopes, e os deputados Bohn Gass, Erika Kokay, Henrique Fontana, João Daniel, Leonardo Monteiro e Leo de Brito entraram com uma ação no Tribunal de Contas da União (TCU) para que a Corte impeça a realização de assembleia-geral extraordinária (AGE) da Eletrobras (ELET3)(ELET6) convocada para o dia 22 de fevereiro, que pode dar aval para a privatização da estatal.

Os parlamentares alegam irregularidades no processo de venda da Eletrobras e também dizem que a venda não pode ocorrer por duas propostas de fiscalização e controle (PFCs) em tramitação na Câmara, elaborado pelo deputado Leo Brito (PT-AC).

Eles pedem a "adoção das providências legais para apuração de responsabilidade penal, civil e administrativa" praticadas durante o processo de venda pelo ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e o presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp Nascimento, no processo de preparação da privatização da Eletrobras.

Antes esperada para fevereiro, agora a operação deve acontecer entre abril e maio. Trata-se da primeira proposta de privatização aprovada no Congresso Nacional durante o governo Jair Bolsonaro (PL).

Com informações complementares de Reuters.

Buscando rentabilidade na Bolsa de valores? Saiba como aumentar seus retornos com um assessor da Ipê Investimentos via WhatsApp.