Menu
Busca sexta, 15 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Gigante norte-americana

Planos da Apple para setor automobilístico geram ceticismo entre analistas

22 dezembro 2020 - 15h40Por Investing.com

Por Christiana Sciaudone, da Investing.com - As ações da Apple (SA:AAPL34) (NASDAQ:AAPL) chegaram a subir mais de 4% após a notícia de que a gigante de tecnologia está voltando ao negócio de automóveis. Por volta das 15h35, o avanço era de 3,31% a US$ 132,48 na Nasdaq.

A empresa espera construir um veículo de passageiros autônomo com sua própria tecnologia de bateria inovadora até 2024 no que está sendo chamado de "Projeto Titan", informou a Reuters, citando pessoas com conhecimento do assunto. A Apple começou a trabalhar em um projeto de carro em 2014, apenas para descartá-lo no ano passado.

É o que há de mais moderno em empresas de tecnologia que estão se tornando autônomas. A rival Alphabet (NASDAQ:GOOGL) (SA:GOGL34) já construiu um serviço de táxi autônomo chamado Waymo e, há apenas algumas semanas, o Uber (NYSE:UBER) (SA:U1BE34) vendeu sua unidade autônoma ATG para a start-up Aurora para criar uma empresa avaliada em US$ 10 bilhões, informou a Forbes.

A bateria é a chave para o carro da Apple reduzir custos e expandir o alcance, informou a Reuters, citando novamente uma pessoa familiarizada com a situação. A empresa trabalhará com terceiros para outros componentes do sistema, incluindo sensores.

Ainda assim, a notícia gerou algum ceticismo.

O analista do Citi Jim Suva ofereceu uma visão sobre o impacto na empresa:

"A Apple realiza pesquisa e desenvolvimento em muitas áreas e, embora não estejamos surpresos de ouvir a mídia discutir novamente o Projeto Titan para automóveis, estamos muito céticos de que a Apple realmente produza um carro, já que a lucratividade do setor automotivo é muito menor", disse Suva em nota, de acordo com StreetInsider. "Em vez disso, acreditamos que o resultado é provavelmente mais um impulso da Apple de seu sistema operacional para os mercados de consumo e corporativo (CarPlay da Apple juntamente com o serviço de nuvem e análises)".

A Apple tem um histórico de margens mais altas do que a maioria das montadoras, de acordo com Hal Eddins, economista-chefe do Conselho de Investimento de Capital, acionista da Apple.

“Minha reação inicial como acionista é ‘hein?’” ele disse à Reuters. “Ainda não vejo o apelo do setor automobilístico, mas a Apple pode estar de olho em um ângulo diferente do que estou vendo.”

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: