Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Commodities

Petróleo tem alta controlada enquanto mercados esperam por novo impulso

Os futuros do petróleo dos EUA subiam 0,35%, a US$ 63,41 o barril, enquanto os futuros do Brent ganhavam 0,33%, a US$ 66,99 o barril

19 abril 2021 - 14h04Por Investing.com

Por Geoffrey Smith, da Investing.com - Os preços do petróleo bruto tinham leve alta nas negociações de segunda-feira (19), com o apoio do dólar mais fraco sendo compensado pelos problemas de demanda em curso na Índia, um dos maiores importadores do mundo, devido à pandemia de Covid-19.

O coronavírus se descontrolou no subcontinente nas últimas semanas, e a média de sete dias para novos casos diários atingiu um novo recorde no fim de semana, bem mais que o dobro do pico anterior, em setembro passado. Cada vez mais, isso está se traduzindo em bloqueios mais amplos em toda a Índia e menor demanda de combustível.

Às 14h03 (horário de Brasília), os futuros do petróleo dos EUA subiam 0,35%, a US$ 63,41 o barril, enquanto os futuros do Brent ganhavam 0,33%, a US$ 66,99 o barril.

Os futuros da gasolina dos EUA subiam 0,13% para US$ 2,0425 o galão.

Outro fator que limitava os ganhos eram sinais de progresso em relação às negociações para reviver o acordo patrocinado pela ONU que evita o enriquecimento de urânio do Irã e sua suspeita de desenvolvimento de uma bomba nuclear. Um alto diplomata da Rússia observou, após as negociações do fim de semana, que “as negociações entraram na fase de elaboração. As soluções práticas ainda estão longe, mas mudamos de palavras gerais para concordar em etapas específicas em direção ao objetivo.”

Um acordo que permitiria ao Irã voltar a produzir petróleo livremente é um dos curingas nas perspectivas de abastecimento no futuro previsível, um fator que poderia perturbar as cotas de produção cuidadosamente calibradas no chamado acordo Opep+ (que não inclui o Irã). Um dos outros poucos curingas - o retorno do crescimento da oferta dos EUA - ainda parece um pouco distante, com o número de plataformas de petróleo ativas aumentando em apenas 7 na semana passada. Mesmo assim, o novo número de 344 representou o mais alto em um ano.

Na maior parte, no entanto, os analistas esperam ganhos adicionais nas próximas semanas, à medida que a demanda se fortalece em resposta à reabertura econômica na América do Norte e, gradualmente, na Europa.

“Continuamos otimistas com os preços do petróleo em meio a sinais de recuperação da demanda mais rápida do que o esperado por produtos petrolíferos em regiões de consumo chave, como a América do Norte e a Ásia, alimentada por enormes pacotes de infraestrutura e estímulo econômico”, disse Vrasidas Neofytou, chefe de pesquisa de investimentos da Exclusive Capital em uma postagem de blog.

No cenário básico de Neofytou, o petróleo dos EUA deve atingir US$ 70 no final do trimestre, enquanto o Brent deve atingir US$ 75 o barril.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: