Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Petróleo

Petróleo sobe com mercado se posicionando para recuperação em 2021

15 dezembro 2020 - 16h03Por Investing.com

Por Geoffrey Smith, da Investing.com - Os preços do petróleo bruto subiram na terça-feira, ignorando outro pequeno rebaixamento da perspectiva da demanda global em se concentrar no posicionamento para uma recuperação esperada em 2021.

Às 16h15, os futuros do petróleo dos EUA, o WTI subiam 0,66%, a US$ 47,30 o barril, enquanto os futuros de Brent, a referência global subiam 0,44%, a US$ 50,51 o barril , perto de uma nova máxima de nove meses.

Anteriormente, a Agência Internacional de Energia reduziu sua estimativa para a demanda global no próximo ano em mais 170.000 barris por dia, ficando ainda mais de 3 milhões de barris por dia abaixo dos níveis de 2019.

No entanto, o mercado se confortou com a previsão de que a demanda por gasolina e diesel se recuperaria em apenas 1% em relação aos níveis de 2019, devido à ampla recuperação da economia mundial.

A queda na demanda geral vem principalmente do querosene. A IEA disse que isso representaria quatro quintos da queda estimada na demanda no próximo ano, já que o transporte aéreo leva muito mais tempo para se recuperar do que o transporte rodoviário.

Analistas notaram repetidamente durante o último aumento de casos de coronavirus na Europa e nos EUA que a forte demanda por diesel compensou a demanda mais fraca por gasolina, graças a um grande aumento na demanda de empresas de frete cujas entregas estão substituindo viagens de carro a shopping centers.

Não está claro por quanto tempo isso pode ser sustentado. As entregas estão se aproximando do pico sazonal, enquanto a demanda de gasolina nos EUA caiu cerca de 14% em relação à primeira quinzena de dezembro do ano passado e com tendência de queda à medida que cidades como Nova York adotam restrições cada vez mais rígidas à vida comercial e social, de acordo com o blog dtn.com. O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, alertou que a cidade pode ter que ficar fechada depois do Natal, Alemanha, Holanda, Itália e Londres apertaram suas políticas esta semana.

No entanto, nem todas as evidências apontam para uma direção. De acordo com uma pesquisa da GasBuddy, mais de um terço dos americanos ainda planeja dirigir no Natal, uma forma de transporte que, se replicada em escala, consome mais combustível do que voar.

“Esperamos ver uma maior atividade de direção em algumas das áreas mais afetadas pelo coronavírus”, disse o chefe de análise de petróleo do GasBuddy, Patrick De Haan.

Às 18h30, o American Petroleum Institute divulgará sua avaliação semanal dos estoques de petróleo dos EUA, como de costume.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: