Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile

Petróleo em baixa, apesar de dólar mais fraco com dados do emprego nos EUA

Preços do petróleo subiram na manhã na sexta-feira (3), antes de perderem força e passarem a cair

03 setembro 2021 - 13h31Por Investing.com

Por Peter Nurse, da Investing.com - Os preços do petróleo subiram na manhã na sexta-feira (3), antes de perderem força e passarem a cair, em meio a um dólar mais fraco depois da desaceleração acentuada na geração de empregos nos EUA em agosto e com a demora nos reparos dos danos do furacão Ida na infraestrutura da Costa do Golfo impactando o fornecimento.

Por volta das 12h50 (horário de Brasília), os futuros do petróleo WTI, negociado em Nova York, caíam 0,3% para US$ 69,75 por barril, enquanto os futuros do Brent apresentavam baixa de 0,04% para US$ 73 por barril. 

Os futuros da gasolina RBOB dos EUA apresentavam recuo de 0,5%, a US$ 2,1535 por galão.

Os dados divulgados mais cedo na sexta-feira mostraram que os postos de trabalho não agrícolas cresceram apenas 235.000 até o meados do mês passado, muito abaixo do ganho esperado de 750.000 e o menor aumento em sete meses. 

O mercado recebeu essa desaceleração na recuperação do mercado de trabalho como um forte indício de que o Federal Reserve não vai começar a reduzir suas enormes compras de título durante a reunião de política monetária de setembro, provavelmente atrasando esse ação até o final do ano.

Como resultado, a moeda americana se enfraqueceu, com o índice do dólar caindo para abaixo de 92 pela primeira vez desde o início de agosto. Um dólar mais barato ajuda o mercado do petróleo, pois a commodity, denominada em dólares, fica mais barata para operadores de outras moedas.

Soma-se ao momento favorável do mercado as dificuldades que produtores e refinadores estão enfrentando para retomar as atividades na Costa do Golfo na esteira da passagem do furacão Ida.

Cinco dias após a passagem do furacão, as equipes ainda não retornaram para três quartos das plataformas evacuadas e mais de 90% da produção continuava suspensa, como apontaram os dados do governo.

Os estoques de petróleo dos EUA caíram 7,2 milhões de barris na semana passada, disse a Energy Information Administration na quarta-feira, implicando um forte aumento nos estoques às vésperas do furacão Ida.

Talvez também haja margem para novos aumentos dos preços com o aumento das projeções de demanda para 2022 pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados, grupo conhecido como Opep+, no início da semana, citando os fortes fundamentos, ainda que os casos de Covid-19 continuem subindo em todo o mundo em função da variante delta.

O grupo permaneceu firme em seu plano de adicionar 400.000 barris por dia ao mercado ao longo dos próximos meses, com a perspectiva de que o mercado enfrentaria restrições sem esta oferta adicional.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: