Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Commodities

Petróleo em alta; otimismo com demanda supera medo da Covid

Espera-se que a Opep+ chegue a um consenso em relação ao aumento da oferta para agosto

29 junho 2021 - 13h56Por Investing.com

Por Peter Nurse, do Investing.com - Os preços do petróleo subiam nesta terça, revertendo perdas anteriores, pela confiança na forte demanda para o segundo semestre do ano que amenizavam as preocupações com o aumento dos casos de Covid-19.

Por volta das 13h15 (horário de Brasília), o petróleo dos EUA subia 0,5%, a US$ 73,28 o barril, enquanto o Brent subia 0,5%, a US$ 74,49.

Os futuros da gasolina RBOB dos EUA subiam 1,3%, para US$ 2,2456 o galão.

As preocupações com o aumento dos casos de Covid não só no Reino Unido, mas também em vários países asiáticos, causados pela cepa delta, pesaram no início da sessão de terça-feira.

Alguns destinos tradicionais de férias para os britânicos, como Espanha e Portugal, impuseram restrições aos viajantes não vacinados, enquanto Hong Kong também anunciou planos para proibir voos provenientes do Reino Unido.

No entanto, essas preocupações foram dissipadas ao longo do dia, ajudadas por comentários sobre o aumento da demanda antes da reunião de quinta-feira da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados, a Opep+.

O secretário-geral da Opep, Mohammed Barkindo, disse que o consumo de petróleo no segundo semestre de 2021 deve ser 5 milhões bpd maior do que no primeiro semestre do ano.

Espera-se que o grupo chegue a um consenso em relação ao aumento da oferta para agosto, mas parece haver preocupação por parte de alguns países produtores de petróleo de que haverá excesso de oferta no mercado global assim que o período de férias terminar.

“De acordo com a Bloomberg, os números que serão compartilhados na reunião do Comitê Técnico Conjunto da Opep+ hoje mostram que, se a produção for mantida inalterada, o mercado deve ter um déficit de 1,7 milhão bpd em agosto, e um déficit médio de 1,9 milhão bpd no segundo semestre do ano”, disseram analistas do ING, em nota.

Isso pode significar que o grupo irá continuar com o aumento gradual de suprimentos em vez de correr o risco de uma queda substancial de preços caso aumente bruscamente a oferta dos insumos.

As estimativas dos dados semanais do estoque de petróleo dos EUA pelo American Petroleum Institute serão divulgadas no final do dia, com a semana passada registrando um número de 7,2 milhões de barris.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: