Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Levantamento

Pesquisa Investing: 42% dos investidores acreditam que o valor de mercado da Tesla deve cair

O prognóstico dos investidores é mais otimista no longo prazo

21 junho 2021 - 15h39Por Investing.com

Por James Fattel, do Investing.com - Com o valor das ações da Tesla (NASDAQ:TSLA) (SA:TSLA34) já caíram em mais de um terço desde seu pico em janeiro, 42% dos investidores norte-americanos acreditam que o valor de mercado da Tesla continuará em queda este ano, de acordo com a nova pesquisa da Investing.com.

A pesquisa mostrou que 25% dos entrevistados acreditam que os valores das ações da Tesla subirão antes do final de 2021 a um preço próximo dos valores máximos de janeiro e 17% preveem um fim do ano acima do pico anterior da ação.

O prognóstico dos investidores é mais otimista no longo prazo, com 30% afirmando que o preço das ações deve ficar entre US$ 1.000 e US$ 2.000 em dois anos, 17% preveem um valor entre US$ 800 e US$ 1.000 e 11% esperam um valor entre US$ 2.000 e US$ 3.000.

"O enorme aumento no preço das ações ao longo da última década é, como todos os investimentos, uma aposta no futuro", disse Jesse Cohen, analista sênior do Investing.com.

"Como tal, é melhor ir se acostumando com as montanhas-russas se quiser comprar as ações da Tesla. Isso porque as variações voláteis de preços se tornaram uma marca característica do desempenho das ações ao longo dos anos."

A pesquisa revela a influência do CEO da Tesla, Elon Musk, com mais de 60% dos investidores acreditando que ele é a personalidade mais influente quando o assunto é mercados financeiros. Uma minoria, ainda que impressionantes 33%, dos entrevistados concorda que Musk projetou o preço das ações da Tesla com base em uma "fantasia" em vez de uma "visão revolucionária".

No entanto, talvez o mais significativo seja o fato de que quase 60% dos investidores da Tesla serem mais leais ao CEO do que à própria empresa.

"Como um dos principais inovadores do setor automotivo, a Tesla tem gerado muito interesse por parte dos investidores de varejo nos últimos anos", afirmou Cohen. "Isso criou meio que uma seita de seguidores e entusiastas que acreditam na tecnologia da empresa e que muitas vezes elogiam Musk com louvor, devoção e admiração."

"No entanto, ao mesmo tempo, a empresa possui muitos críticos ferrenhos que argumentam que o pioneiro dos veículos elétricos poderia falir nos próximos anos devido ao aumento de sua dívida e aos gastos descontrolados."

Analisando a influência recente de Musk no campo das criptomoedas, a pesquisa perguntou aos entrevistados se a manipulação do presidente da Tesla nos valores da criptomoeda mudou sua opinião quanto ao investimento. 51% concordaram que Musk "tem poder demais" e 40% afirmaram que as criptomoedas de modo geral "são voláteis demais". 24% não acreditam que Musk tenha influência demais sobre as criptomoedas, enquanto apenas 12% disseram que a sua influência os torna "mais confiantes com relação às moedas digitais".

52% dos investidores expressaram apoio a políticas que reduziriam o poder dos grandes influenciadores como Musk quando se trata de manipular os mercados financeiros.

A pesquisa de junho foi realizada online e reuniu respostas de 1.103 investidores dos EUA.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: