Menu
Busca sexta, 15 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Metal amarelo

Ouro retoma trajetória de alta com dólar enfraquecido por promessa de pacote dos EUA

21 janeiro 2021 - 17h53Por Investing.com

Por Barani Krishnan, da Investing.com - Os preços do ouro perderam um pouco do vigor nesta quinta-feira (21) na recuperação da mínima de US$ 1.800, com os planos do governo Biden de estimular agressivamente a economia dos EUA com enormes gastos enfraquecendo ainda mais o dólar.

O contrato do ouro com entrega para fevereiro encerrou a sessão oficial com queda de apenas 60 centavos, ou 0,1%, em US$ 1.865,90. Uma hora depois, por volta das 16h30, pairava em US$ 1.870 com o Índice Dólar perdendo mais de 300 pontos-base. O indicador do dólar recuperou algum terreno antes, desencadeando uma leve realização de lucros no metal amarelo, que rendeu quase US$ 70 desde a baixa do fim de semana, pouco abaixo de US$ 1.804.

A recuperação do ouro se intensificou depois que o presidente Joe Biden assumiu o cargo na quarta-feira (20), reforçando seus planos de lançar um pacote de ajuda contra a Covid-19 de US$ 1,9 trilhão.

A nova secretária do Tesouro, Janet Yellen, em sua audiência de confirmação do Senado na terça-feira (19), também disse que a Casa Branca pretendia fazer "grande" nos gastos deficitários para estimular a economia, acrescentando que os benefícios da recuperação superam os custos.

As expectativas de uma corrida desenfreada ao ouro cresceram desde que os democratas alinhados com Biden ganharam o controle do Senado no início deste mês, embora com uma maioria minúscula.

No entanto, para a perplexidade dos "touros do ouro", inicialmente foram os rendimentos dos títulos, o dólar e até mesmo o bitcoin que se beneficiaram nas últimas duas semanas com toda a conversa sobre o iminente estímulo dos EUA. O próprio ouro perdeu 3,5% na quinzena anterior, apesar de sua posição como uma proteção comprovada contra a inflação.

Mesmo com a alta mais recente, não há certeza de que o metal está prestes a entrar em um movimento de mão única, já que os rendimentos dos títulos podem subir novamente em um mercado que depende mais da irracionalidade do que da convenção. Nas negociações de quinta-feira, os rendimentos vinculados aos títulos de dez anos subiram 1,14%.

“Do ponto de vista técnico, os gráficos diários mostram o que poderia ser um padrão de cabeça e ombros inclinado para baixo, um indicador de baixa a ser observado”, disse Eric Scoles, da Blueline Futures em Chicago. “Não considerarei este mercado como sendo razoavelmente otimista até que possa fechar acima de US$ 1.895. Eu não ficaria surpreso se virmos suporte para em US$ 1.800 no futuro próximo. ”

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: