quinta, 19 de maio de 2022
Sob desconfiança

"Otimista demais": TCU desacredita prazo de privatização da Eletrobras (ELET3) com início em março

Ministro Vital do Rêgo deve utilizar praticamente todo o período máximo de sessenta dias para vista do processo, solicitado na última sessão realizada pela Corte, em 15 de dezembro, diz Valor

07 janeiro 2022 - 08h56Por Redação SpaceMoney

A previsão do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de que a oferta de ações para a capitalização da Eletrobras vai ser lançada em março foi vista internamente como “otimista demais” no Tribunal de Contas da União (TCU), segundo o Valor Econômico

Ministros esperam que a privatização da estatal retorne ao plenário somente no fim do primeiro trimestre.

Assim, o ministro Vital do Rêgo deve utilizar praticamente todo o período máximo de sessenta dias para vista do processo, solicitado na última sessão realizada pela Corte, em 15 de dezembro.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content