domingo, 07 de agosto de 2022
[OGF - VIP - SPACENOW DESKTOP - TESTE A/B - 22-6-2-22]
Repercussão

OPEP+ vai prosseguir com o plano de aumento de produção; petróleo sobe

Às 14h28 (horário de Brasília), os contratos futuros do Petróleo WTI dos EUA eram negociados com valorização de 2,35%, a US$ 67,11 o barril, enquanto os contratos do Petróleo Brent subiam 1,95%%, a US$ 70,21

02 dezembro 2021 - 14h36Por Investing.com

Por Peter Nurse, da Investing.com - Os preços do petróleo subiram nesta quinta-feira (2) após notícias de que a OPEP e aliados decidiram pela liberação de mais petróleo no mercado conforme acordado anteriormente, apesar das incertezas causadas pela nova variante da Covid.

Às 14h28 (horário de Brasília), os contratos futuros do Petróleo WTI dos EUA eram negociados com valorização de 2,35%, a US$ 67,11 o barril, enquanto os contratos do Petróleo Brent subiam 1,95%%, a US$ 70,21.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados, ou Opep+, concordaram em prosseguir com o aumento da produção de petróleo planejado para janeiro de 400.000 barris por dia, informou a Reuters durante o dia, citando duas fontes.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

A incerteza alastrou-se no mercado em torno da decisão do grupo dos principais produtores de seguir com o acordo existente para aumento de produção, dada a situação incerta em relação à pandemia e a relutância de um excesso de oferta.

“A perspectiva de curto prazo foi ofuscada pela incerteza e, até que se tenha alguma clareza sobre o impacto da variante omicron, é difícil ter uma visão forte sobre a direção dos preços no curto prazo”, afirmaram analistas do ING, em nota. “Enquanto essa incerteza permanecer, o mercado provavelmente estará precificando algum risco de queda consideravelmente grande da demanda”.

Além das incertezas geradas pela Omicron, com um grande número de países aumentando as restrições de viagens na tentativa de conter a disseminação do vírus, a Opep+ também tem que avaliar o efeito sobre o fornecimento global a partir da liberação de reservas coordenadas liderada pela Casa Branca.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

Em suma, o mercado esperava que o grupo suspendesse novos aumentos de oferta, especialmente depois do ministro angolano de Recursos Minerais e do Petróleo, Diamantino Azevedo, ter dito quarta-feira que “nestes tempos de incerteza é imperativo” que a Opep+ “conserve a prudência na nossa abordagem, e se prepare para ser proativa conforme as condições do mercado o justifiquem".

Além disso, dois pacotes de dados divulgados esta semana mostraram que os estoques dos EUA caíram menos do que o esperado na semana passada, sugerindo um enfraquecimento da demanda final pelos altos preços e outros fatores.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: