Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Abertura de mercado

O que esperar de bolsa e câmbio no Brasil nesta sexta-feira (25)

Confira as principais notícias, a agenda das autoridades e o informe corporativo do dia

25 junho 2021 - 09h36Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - O Ibovespa Futuros abriu em alta de 0,08% nesta sexta-feira (25), enquanto o dólar futuro caía 0,18%, a R$ 4,908, com investidores de olho na entrega da segunda fase da Reforma Tributária ao Congresso, que deve ser levada pessoalmente pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, assim como pela possível extensão do auxílio emergencial por mais três meses, que deve ser assinada hoje pelo presidente Jair Bolsonaro.

Guedes afirmou ontem, em evento ao vivo promovido pela Fiesp, que o auxílio será prorrogado por mais três meses, com os mesmos valores que variam de R$ 150 a R$ 375.

Lá fora, os futuros do Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq 100 subiam 0,28%, 0,08% e 0,14%, respectivamente, enquanto o (NYSE:EWZ), o principal ETF brasileiro negociado no exterior, caía 0,05% no pré-mercado em Nova York.

Hoje o dia será lotado de eventos com dirigentes do Federal Reserve, que devem continuar a ser sondados sobre o posicionamento do banco central em relação à retirada dos estímulos monetários da pandemia.

No noticiário brasileiro, o destaque são as discussões na CPI da Covid sobre a denúncia de possível corrupção nas negociações da vacina indiana Covaxin. Bolsonaro disse ontem, na tradicional live nas redes sociais, não ter havido irregularidades no processo de importação da vacina, e acrescentou que quem buscou "armar" a história "vai se dar mal".

Também ontem, o Conselho Monetário Nacional (CMN) fixou a meta de inflação medida pelo IPCA para 2024 em 3,00%, com margem de tolerância de 1,50 ponto percentual, para mais ou para menos. O CMN confirmou ainda as metas de 3,75% para 2021, 3,50% para 2022 e 3,25% para 2023.

Agora há pouco, o IBGE divulgou que o IPCA-15 subiu 0,83% em junho, na base mensal, e acumulou alta de 8,13% nos últimos 12 meses.

Agenda do dia
Bolsonaro
- Inauguração do Centro de Excelência em Tecnologia 4.0, às 10h15, cerimônia de Apresentação da Tecnologia 5G para o Agro, às 11h30, visita às obras da Arena Condá, às 15h40, visita técnica às instalações da Sede Administrativa da Cooperativa Central Aurora Alimentos, às 16h40.

Guedes - Entrega no Congresso da segunda fase da Reforma Tributária, às 9h30, audiência pública virtual na Comissão Covid-19, às 11h, reunião virtual com o Conselho Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial, às 16h, reunião com o diretor Executivo para o Brasil no FMI, Afonso Bevilaqua, às 17h, videoconferência com empresários associados do Instituto Unidos Pelo Brasil, às 18h.

Campos Neto - Palestra em encontro promovido pelo Banco da Namibia, às 11h, almoço com Afonso Sant’Anna Bevilaqua, Diretor Executivo para o Brasil do Fundo Monetário Internacional, às 12h30, videoconferência com representantes da Cielo (SA:CIEL3), participa virtualmente da 31ª edição do CIAB Febraban, às 17h15.

Notícias corporativas
Cemig
(SA:CMIG4) - A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) comunicou nesta quinta-feira que na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, realizada no dia de hoje, foram designados os membros integrantes para Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas ilegalidades na empresa, entre elas a contratação de consultorias e assessorias sem licitação.

Eletrobras (SA:ELET3) - A Eletrobras foi informada pela 3G Radar Gestora de Recursos que os fundos Radar Master, Xing, Maliko Investments LLC e Manuka Investments elevaram sua participação acionária na companhia, passando a deter o equivalente a 28.259.000 ações preferenciais classe B, correspondentes a aproximadamente 10,09% das ações preferenciais.

Fleury (SA:FLRY3) - O Hospital Sírio-Libanês comunicou que, por causa do ataque externo aos sistemas do Laboratório Fleury, seu parceiro, tem sido atendido por meio de um sistema de contingência que permite a continuidade da realização de exames laboratoriais a todos os pacientes que procurarem atendimento.

Guararapes - O conselho de administração do Grupo Guararapes aprovou o crédito de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor total de R$ 15,025 milhões, que corresponde a R$ 0,0301 por ação. Será considerada a base acionária do dia 29 de junho, com ações negociadas "ex-juros" a partir do dia 30.

JHSF - A JHSF (SA:JHSF3) Participações anunciou nesta quinta-feira que recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), junto com outros órgãos responsáveis, para operar voos internacionais no aeroporto Catarina. Com isso, o local passa a ser o primeiro do Brasil, voltado exclusivamente para a aviação executiva, a ter permissão para realizar pousos de aeronaves vindas de outros países e decolagens para fora do território nacional.

Carrefour Brasil - O Carrefour Brasil (SA:CRFB3) informou nesta quinta-feira que concluiu a conversão de todas as 29 lojas adquiridas da rede atacadista Makro, desembolsando 1,96 bilhão de reais no negócio, que ainda inclui 13 postos de combustível.

Marfrig - A Marfrig (SA:MRFG3) Global Foods retomou parcialmente os embarques de carne bovina a partir das operações na Argentina, afirmou a companhia em nota nesta quinta-feira, após uma suspensão temporária do governo para baixar os preços locais.

Localiza - O Conselho de Administração da Localiza (SA:RENT3) aprovou o pagamento de juros sobre capital próprio (JCP), que será imputado ao valor do dividendo obrigatório do exercício de 2021, de R$ 72,357 milhões, o equivalente a R$ 0,096 por ação, a ser pago em 20 de agosto. Será considerada a posição acionária de 29 de junho e a partir do dia 30 de junho as ações serão negociadas "ex" juros.

Sanepar - A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar (SA:SAPR11) aprovou o pagamento de juros sobre capital próprio (JCP) em substituição aos dividendos obrigatórios, no valor total de R$ 151,083 milhões, correspondente a R$ 0,09372721015 por ação ordinária e R$ 0,10309993116 por ação preferencial, resultando para as ações preferenciais um rendimento 10% superior em relação às ações ordinárias.

UTC - O terceiro aditivo ao plano de recuperação judicial da empreiteira UTC foi aprovado por 95% dos credores da companhia, que foi uma das envolvidas em investigações no âmbito da Operação Lava Jato. Com dívidas de R$ 3,7 bilhões, a UTC agora deve voltar a tomar crédito e participar de licitações, de acordo com os administradores judiciais.

Madero - O Valor destaca o aviso da administração da rede de restaurantes Madero de que não há garantias de que o grupo consiga honrar suas dívidas de curto prazo antes dos vencimentos.

- Com Reuters, Estadão Conteúdo e Agência Brasil.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: