Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Abertura de mercado

O que esperar de bolsa e câmbio no Brasil nesta 6ª-feira (14)

Confira aqui as principais notícias, a agenda e o informe corporativo do dia

14 maio 2021 - 09h36Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - O Ibovespa Futuros abriu em alta e subia 0,64% perto das 9h10, enquanto o dólar futuro recuava 0,63%, a R$ 5,283, com investidores fechando a semana com um exterior menos avesso ao risco, uma rodada de balanços muito positiva e os desdobramentos da CPI da Covid no Senado.

O Brasil registrou nesta quinta-feira 2.383 novas mortes em decorrência da Covid-19, o que eleva a 430.417 o total de vítimas fatais da doença no país, de acordo com números do Ministério da Saúde. Também foram contabilizados 74.592 novos casos de coronavírus, com o total de infecções no país avançando para 15.433.989.

Enquanto isso, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou nesta quinta-feira que vai interromper o envase de doses da vacina contra a Covid-19 de Oxford/AstraZeneca por alguns dias na próxima semana por falta de insumo farmacêutico ativo (IFA).

Segundo a Fiocruz, a quantidade de IFA disponível atualmente vai sustentar a produção de vacinas até meados da próxima semana, garantido dessa forma as entregas até a primeira semana de junho. Depois disso, no entanto, a fundação depende da chegada de mais insumos da China.

Com a possibilidade de ser reconvocado à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse ontem estar à disposição para prestar novos esclarecimentos. Ele deu a declaração ao chegar para reunir-se, no fim desta tarde, com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Já o presidente Jair Bolsonaro atacou, em sua transmissão semanal ao vivo pelas redes sociais, os trabalhos da CPI, dizendo que o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, um dos principais alvos da comissão de inquérito, "acertou em tudo" no enfrentamento à pandemia de Covid-19.

Na transmissão, Bolsonaro chamou a CPI de "palanque" e disse que o depoimento do ex-presidente da Pfizer (NYSE:PFE) do Brasil Carlos Murillo acabou com a narrativa de que era possível começar a vacinação com imunizante ainda no ano passado.

Na verdade, o executivo confirmou na CPI que a Pfizer tentou oferecer ao Brasil desde agosto do ano passado contrato para fornecimento de imunizantes ao país já em dezembro de 2020, mas que a oferta ficou sem resposta por cerca de dois meses.

Enquanto isso, lá fora, os futuros americanos voltavam a subir, após uma semana no vermelho, com o Dow Jones, o S&P 500 e o Nasdaq 100 avançando 0,46%, 0,53% e 1,03%, respectivamente. Já o (NYSE:EWZ), principal ETF brasileiro negociado no exterior, avançava 0,78% no pré-mercado em Nova York.

 

Notícias do dia
Combustíveis
- O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira que apresentou uma proposta ao Congresso para que o ICMS que incide sobre os combustíveis tenha um valor fixo nos Estados e, mais uma vez, insinuou que governadores não estariam ajudando na redução de tributos sobre esse insumo.

Medicamentos - O Senado aprovou projeto de lei (PL) que suspende o aumento de preço de medicamentos em 2021. O texto também determina a reversão de reajustes já aplicados em medicamentos este ano, havendo, inclusive, a restituição de pagamento já realizado. O projeto, aprovado por 58 votos a favor e 6 contra, segue para a Câmara dos Deputados.

Energia - O Senado aprovou ontem um projeto que propõe a redução de tarifas de energia elétrica por cinco anos. Essa redução na tarifa ocorreria graças ao reembolso de tributos recolhidos indevidamente pelas empresas distribuidoras de energia elétrica. O projeto segue para análise da Câmara dos Deputados.

Covaxin - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta quinta-feira a realização de estudo clínico no Brasil da vacina indiana contra Covid-19 Covaxin. Em comunicado, a agência disse que o pedido de estudo da vacina produzida pelo laboratório Bharat Biothec International Limited foi apresentado pela empresa brasileira Precisa Farmacêutica.

 

Agenda do dia
Bolsonaro
- Partida de Brasília/DF para Campo Grande/MS, às 9h, cerimônia de Entrega de Títulos de Propriedade Rural no Estado do Mato Grosso do Sul, às 10h30, partida de Campo Grande/MS para Brasília/DF, às 13h, reunião com Pedro Cesar Sousa, Subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência, às 15h.

Guedes - Teleconferência com a secretária de Comércio dos EUA, Gina Raimondo, às 9h30, reunião com a chefe da Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos, Daniella Marques, às 10h30, reunião com o embaixador da Rússia no Brasil, Alexey Labetskiy, às 15h, reunião com o secretário executivo, Marcelo Guaranys, às 16h.

Campos Neto - Participa da All Governors' Meeting, promovida pelo Banco de Compensações Internacionais, às 8h, profere palestra no Latin America Disruptive Tech Founders & CEO Virtual Summit 2021, promovido pelo Bank of América, 12h15, reunião por videoconferência com Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo, Presidente da Cateno Gestão de Pagamentos, às 15h30.

 

Notícias corporativas
Petrobras
(SA:PETR4) - Num cenário de explosão de preços de commodities e de recuperação das vendas de combustíveis no Brasil, a Petrobras fechou o primeiro trimestre deste ano com lucro líquido de R$ 1,16 bilhão, revertendo o prejuízo de R$ 48,5 bilhões no primeiro trimestre de 2020.

Magazine Luiza (SA:MGLU3) - O Magazine Luiza anunciou nesta quinta-feira que teve lucro líquido recorrente de R$ 81,5 milhões no primeiro trimestre, ante prejuízo de R$ 8 milhões do ano anterior, com as vendas online mais do que dobrando. Sem ajustes, o lucro foi de R$ 258,6 milhões.

CPFL - A CPFL Energia (SA:CPFE3) registrou lucro líquido de R$ 961 milhões no primeiro trimestre de 2021, alta de 6,3% em relação a igual período do ano passado, impulsionada por um aumento do Ebitda nos segmentos de distribuição e geração, informou a companhia nesta quinta-feira.

CCR (SA:CCRO3) - A CCR reportou no primeiro trimestre um lucro líquido de R$ 688,9 milhões no critério IFRS, alta de 137,8% sobre igual intervalo de 2020, informou a companhia em balanço enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quinta-feira.

Sabesp (SA:SBSP3) - A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) registrou lucro líquido de R$ 496,9 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo o prejuízo de R$ 657,9 milhões observado um ano antes.

Lojas Renner (SA:LREN3) - A Lojas Renner registrou prejuízo líquido de R$ 147,703 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo o lucro de R$ 7,137 milhões observado no mesmo período de 2020.

Ecorodovias (SA:ECOR3) - A Ecorodovias sofreu queda de 11,9% no lucro líquido do primeiro trimestre ante o mesmo período do ano passado, para R$ 88 milhões, informou a empresa de concessões de infraestrutura nesta quinta-feira.

Rumo (SA:RAIL3) - A Rumo anunciou nesta quinta-feira que teve lucro líquido de R$ 175 milhões de janeiro a março, ante prejuízo de R$ 274 milhões um ano antes.

Cyrela (SA:CYRE3) - A Cyrela Brazil Realty apresentou um salto de 588% no lucro líquido, atingindo R$ 192 milhões no primeiro trimestre de 2021 em comparação com os R$ 28 milhões no mesmo período de 2020.

EZTec - A Eztec (SA:EZTC3) apresentou lucro líquido de R$ 72,9 milhões, queda de 6% contra um ano antes, citando atrasos devido à escalada de preços de insumos da construção e aos efeitos de medidas de isolamento social para conter a pandemia.

Copel (SA:CPLE6) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) esperará o "melhor momento" para fazer a oferta de ações da Copel, afirmou nesta quinta-feira o diretor de Participações, Mercado de Capitais e Crédito Indireto da instituição de fomento, Bruno Laskowsky.

brMalls (SA:BRML3) - A brMalls divulgou nesta quinta-feira queda de 41,5% no lucro líquido ajustado do primeiro trimestre sobre o mesmo período do ano passado, para R$ 76 milhões.

BNDES - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou lucro líquido, ou lucro contábil, de R$ 9,8 bilhões no primeiro trimestre de 2021, aumento de 78% em comparação a igual período do ano passado, e um lucro recorrente (que exclui ganhos ou perdas com itens extraordinários) estável de R$ 2,4 bilhões.

Cedae - O bloco 3 de concessão de parte dos serviços hoje prestados pela Cedae, a estatal de saneamento do Rio, deverá ser relicitado ainda este ano, afirmou nesta quinta-feira o diretor de Infraestrutura, Concessões e PPPs do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Fábio Abrahão.

Disney (NYSE:DIS) - A Disney teve lucro líquido de US$ 901 milhões em seu segundo trimestre fiscal, um avanço ante os US$ 460 milhões de igual período do ano anterior, com lucro por ação de US$ 0,49 (de US$ 0,25 anteriormente) e lucro por ação ajustado de US$ 0,79 (de US$ 0,60).

- Com Reuters, Agência Brasil e Estadão Conteúdo.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: