Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Recomendação

Mercado Livre: Goldman eleva preço-alvo com resultados do 4º tri e novas projeções

O papel fechou as negociações desta quinta-feira em forte baixa de 6,47%, a US$ 1.483,21, seguindo o vermelho do Nasdaq, índice em que é negociado

18 março 2021 - 18h13Por Investing.com

Por Ana Julia Mezzadri, da Investing.com - Considerando os resultados mais fortes do que o esperado, novas projeções de receita, lucro e Ebitda para os próximos anos e mudanças no cenário macroeconômico, o Goldman Sachs elevou seu preço-alvo para a ação do Mercado Livre (NASDAQ:MELI) em 11%, para US$ 2.230, mantendo recomendação de Compra. As informações são de relatório de quarta-feira (17).

O papel fechou as negociações desta quinta-feira em forte baixa de 6,47%, a US$ 1.483,21, seguindo o vermelho do Nasdaq, índice em que é negociado, que terminou o dia em queda de 3,02%, aos 13.116,17 pontos. Os BDRs da empresa (SA:MELI34), por sua vez, fecharam em baixa de 6,5%, a R$ 66,85. Na visão do banco, o ponto atual, após uma queda recente na ação, cria um ponto de entrada ainda melhor.

Além de reiterar a recomendação, o Goldman apontou que a ação permanece uma top pick no setor de e-commerce na América Latina, destacando a forte execução em uma série de iniciativas-chave, sobretudo logística, a entrada seletiva em 1P, a melhora na experiência do usuário e o crescimento de iniciativas de fintech.

No braço de e-commerce da companhia, a principal questão por trás da visão positiva do GS é a aceleração adicional do crescimento no Brasil registrada no 4T, apesar do relaxamento das medidas de distanciamento social durante a maior parte do período. Para o banco, o crescimento, de 84% ano a ano, reflete a continuidade da forte execução em entregas e a adesão às ofertas de Black Friday.

Outro ponto destacado pelo Goldman foram as novas parcerias com marcas nos segmentos de bens de consumo rápido, eletrônicos e melhorias domésticas, que têm como principais benefícios melhores seleção e precificação, fortalecimento da marca e o relacionamento com companhias que oferecem oportunidades de publicidade.

O GS vê com bons olhos o fato de, segundo comentários recentes da gestão, o investimento em logística permanecer um foco para 2021. O Mercado Livre anunciou que planeja um investimento recorde de R$ 10 bilhões no Brasil para o ano, com a maior parte indo para a expansão da rede logística própria.

O relatório ressalta, no entanto, que, conforme a empresa continua a aumentar sua rede logística e acelerar sua participação em 1P, as margens têm sido pressionadas. Isso, por outro lado, tem sido parcialmente compensado pela alavancagem operacional, segundo o banco.

No braço de fintech, o foco para 2021 é escalar o MercadoCredito e o uso da ferramenta de carteira.

Considerando os resultados do 4T20 e as mudanças no cenário macroeconômico, principalmente para o câmbio, o Goldman revisou suas estimativas de receita líquida para 2021, 2022 e 2022 em +3%, +2% e +1%, respectivamente. Refletindo o impacto da moeda, apesar da revisão para cima das projeções de receita, as perspectivas de crescimento do GMV em reais para 2021 foram revisadas de 53,1% para 47,9%, e do TPV de 91,4% para 85%.

As estimativas de Ebitda para os três anos também foram revisadas, em -3%, +4% e +4%, levando em consideração o aumento nas projeções de receita e mudanças nas expectativas de margens bruta e Ebitda.

Finalmente, as estimativas de lucro líquido consolidado foram revisadas em -31% para 2021, -7% para 2022 e -2% em 2023, impactadas pelas expectativas de resultados financeiros mais baixos.

Os principais riscos de downisde para a tese, segundo o GS, são: volatilidade cambial; aumento da concorrência no negócio de marketplace; investimentos maiores do que o esperado, que impactariam o fluxo de caixa e os retornos; e a intensificação da concorrência no setor de pagamentos, que poderia resultar em custos mais altos de aquisição de clientes e impactar o crescimento e os retornos.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: