Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
R$ 18,6 trilhão

Lucro dos grandes bancos cresce 35,2% no 1º tri, diz Economatica

O Bradesco teve o maior lucro no 1º trimestre deste ano, com R$ 6,15 bilhões, valor 81,9% superior ao mesmo período de 2020

10 maio 2021 - 16h16Por Redação SpaceMoney

O lucro líquido consolidado dos quatro maiores bancos do Brasil (Banco do Brasil, Bradesco, Itaú Unibanco e Santander) no 1º trimestre de 2021 foi de R$ 18,6 trilhão, uma alta de 35,2% quando comparado com o mesmo período de 2020. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (10) pelo Economatica.

O Bradesco teve o maior lucro no 1º trimestre deste ano, com R$ 6,15 bilhões, valor 81,9% superior ao mesmo período de 2020. O Itaú Unibanco aparece em 2º, com R$ 5,41 bilhões, um crescimento de 59,2 % ante o 1T20. Já o Banco do Brasil fica com a 3ª posição, com R$ 4,2 bilhões de lucro líquido, crescimento de 31,9% com relação ao mesmo período de 2020.

O Santander Brasil foi o único a registrar queda de lucratividade, com baixa de 25,4% no 1º trimestre de 2021 frente ao mesmo período do ano de 2020. O lucro em 2021 do Santander foi de R$ 2,81 bilhões.

Dividendos

Em relação aos dividendos (parcela do lucro de uma empresa distribuída aos acionistas), o estudo do Economatica aponta que os quatro bancos teve um volume de dividendos distribuídos no 1º trimestre de 2021 de R$ 18,1 bilhões, uma queda de 13,0% quando comparado com o mesmo período de 2020.

O maior distribuidor de dividendos e JCPs (juros sobre capital próprio) no 1º trimestre de 2021 é o Santander com R$ 9,84 bilhões, valor 28,1% superior ao mesmo período de 2020.  Bradesco tem o segundo maior volume, com R$ 3,57 bilhões, valor 839,8% superior ao do ano de 2020.
 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: