quarta, 19 de janeiro de 2022
[Square Banner - Mobile Topo 2] [300x250] [mobile] - Assessoria Ipê Investimentos 2022
[SpaceNow Desktop] [200x74] [spacenow] - Melhores oportunidades 2022
[SpaceNow Mobile] [150x74] [spacenow] - Melhores oportunidades 2022
Confiança do empresário

IFECAP aponta alta de 17,7% na expectativa do empresário de SP em agosto

Os resultados são reflexo do avanço da vacinação para adultos, da flexibilização do comércio e das vendas do Dia dos Pais

25 agosto 2021 - 15h13Por Redação SpaceMoney
[Billboard Topo 2] [970x250] [pagina-inicial] - Assessoria Ipê Investimentos 2022

O Índice IFECAP, indicador da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP) que mede a confiança do empresário do Estado de São Paulo nos negócios, apresentou alta de 17,7% em agosto, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Para os pesquisadores da FECAP, os resultados são reflexo do avanço da vacinação para adultos, da flexibilização do comércio e das vendas do Dia dos Pais.

Números

Apesar do Índice IFECAP para o mês de agosto ter registrado leve queda de 3,2%, quando comparado com julho de 2021, todos os indicadores permanecem acima dos 100 pontos.

[04] [Square Detalhe Notícia] [300x250] [geral] Melhores investimentos 2022

"O resultado foi influenciado pelas respostas dos empresários do interior, uma redução de 4,1% em relação ao mês anterior, quando analisamos o Índice Geral por região. A variante Delta e uma revisão natural das expectativas, que já tinham apresentado uma alta considerável de 11,7% em julho, foram os fatores decisivos para a queda do IFECAP. O avanço de casos da variante Delta acende um sinal de alerta, principalmente, considerando os acontecimentos em outros países", diz Allan Silva de Carvalho.

Índice Geral: o indicador registrou 130,94 pontos, na série sem ajuste sazonal, 17,7% acima em relação ao mesmo período do ano passado, indicando os efeitos do movimento do dia dos pais, o avanço da cobertura de imunização no estado de São Paulo e novas medidas de flexibilização.

Índice Momento Atual: apresentou queda de 4,4%, na comparação com o mês anterior, registrando 123,50 pontos. O resultado foi influenciado, principalmente, pelas Encomendas, -4,1% (117,48 pontos) e Situação Geral, -6,2% (129,89 pontos). As Vendas (-2,6%), também apresentaram queda, quando comparado com o mês anterior, atingindo 123,12 pontos.

Índice Futuro: o resultado, que registra as expectativas para os próximos três meses, apresentou queda na comparação com o mês anterior (-1,6%), marcando 142,11 pontos. Os resultados do Índice Futuro se devem às expectativas de vendas para os próximos três meses, com queda de 2,9% (146,62 pontos), quando comparamos com o mês anterior. As expectativas de encomendas futuras tiveram estabilidade, alçando 137,59 pontos.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content