Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Radar corporativo

Ibovespa recua com siderúrgicas; Hapvida, Intermédica sobem

11 janeiro 2021 - 10h36Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - As ações da Hapvida e da NotreDame Intermédica lideravam as altas da bolsa brasileira na manhã desta segunda-feira (11), após ambas as empresas admitirem conversas sobre uma possível fusão. A Movida subia após divulgar dados do quarto trimestre. Na ponta oposta, puxando o Ibovespa para território negativo, as siderúrgicas seguem a maior aversão ao risco global. Estas são as principais notícias corporativas de hoje:

Hapvida - A união das operadoras Hapvida (SA:HAPV3) e NotreDame Intermédica (SA:GNDI3), que está sendo negociada, pode gerar um valor de mercado de R$ 120 bilhões e receita líquida anual na casa dos R$ 18 bilhões. Os papéis subiam 4,66% e 4,29%, respectivamente.

Movida - A Movida (SA:MOVI3) divulgou receita líquida de R$ 500,8 milhões no quarto trimestre no serviços de locação de veículos (RAC) e gestão e terceirização de frota (GTF), avanço de 9,6% em relação aos três últimos meses de 2019. Os papéis subiam 2,74%, a R$ 20,65.

AES Brasil - A AES Brasil (ex-AES Tietê) (SA:TIET11) decidiu quitar à vista débitos de R$ 1,3 bilhão junto à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), após um acordo entre empresas do setor e o governo referente a pagamentos pendentes pelo chamado "risco hidrológico" na operação de usinas de geração. A ação subia 0,24%, a R$ 16,56.

Copel - A estatal de energia Copel (SA:CPLE6) disse nesta sexta-feira que avaliará a distribuição de dividendos extraordinários após um pedido de seu controlador, o governo do Paraná, pela distribuição de proventos "no maior valor possível" em 2021. Os papéis caíam 0,75% a R$ 72,70.

Banco do Brasil - O Banco do Brasil (SA:BBAS3) (BB) informou ao mercado que aprovou um plano de reorganização para ganhos de eficiência operacional que prevê, entre outras medidas, o fechamento de 112 agências da instituição, além da criação de um Programa de Adequação de Quadros (PAQ) e de um Programa de Desligamento Extraordinário (PDE). A ação caía 0,13%, a R$ 39,77.

Com informações da Reuters e do Estadão Conteúdo

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: