domingo, 05 de dezembro de 2021
Radar corporativo

GPA sobe com negócio da Casino; PetroRio acompanha petróleo

Essas são as principais notícias corporativas do dia

13 abril 2021 - 10h56Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - Os papéis do GPA lideravam o pregão desta terça-feira (13) após a controladora francesa Casino anunciar processo para aumento de capital da subsidiária Cdiscount. Biomm (SA:BIOM3) sobe com medicamento contra a Covid-19, enquanto a PetroRio (SA:PRIO3) subia acompanhando o petróleo. Essas são as principais notícias corporativas do dia:

GPA - A Casino começou processo para potencial aumento de capital da Cdiscount, subsidiária direta da Cnova, na qual o GPA (SA:PCAR3) detém 34,17% de participação, afirmou o grupo brasileiro de varejo na noite da segunda-feira. Os papéis subiam 4,73%, a R$ 39,01.

Petrobras (SA:PETR4) - A Petrobras anunciou, em comunicado ao mercado na noite desta segunda-feira, a destituição de Roberto Castello Branco do cargo de membro do Conselho de Administração, o que acarretou na sua saída também da presidência da companhia. O nome indicado pelo presidente Jair Bolsonaro como novo presidente da estatal é o do general Joaquim Silva e Luna. O anúncio ocorreu após Assembleia Geral Extraordinária da estatal. O papel preferencial caía 0,42%, a R$ 23,82.

Petrobras II - A Petrobras concluiu oferta de recompra de títulos, informou a companhia em comunicado ao mercado nesta segunda-feira. O volume de principal validamente entregue pelos investidores foi de US$ 2,496 bilhões, enquanto o montante total pago a esses investidores foi de cerca de US$ 2,72 bilhões.

Biomm - A Secretaria Executiva da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) concedeu autorização provisória para o preço do medicamento Ghemaxan, da Biomm, cuja composição tem sido usada no tratamento contra Covid-19. O papel subia 2,02%, a R$ 17,70.

Ecorodovias - Entre os dias 5 a 11 de abril deste ano, passaram 7.434 veículos pelas rodovias administradas pela Ecorodovias (SA:ECOR3), aumento de 63,5% na comparação com o período equivalente do ano passado. A ação caía 1,1%, a R$ 11,57.

Cyrela (SA:CYRE3) - A Cyrela divulgou nesta segunda-feira queda de 60,4% nos lançamentos do primeiro trimestre ante o mesmo período do ano passado, mas as vendas avançaram cerca de 22%. A ação recuava 0,9%, a R$ 25,40.

Moura Dubeux - A incorporadora Moura Dubeux registrou volume de vendas e adesões líquidas de R$ 244,167 milhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 272,8% ante o mesmo período do ano passado. Por outro lado, o indicador recuou 15,7% na comparação com o quarto trimestre de 2020. Os papéis subiam 3,17%, a R$ 9,43.

Direcional - A incorporadora Direcional Engenharia (SA:DIRR3) teve recorde de vendas nos primeiros três meses do ano, com vendas líquidas contratadas de R$ 515 milhões, avanço de 73% em relação ao mesmo período do ano anterior. A ação subia 0,68%, a R$ 13,26.

Ânima - A Ânima Educação (SA:ANIM3) informou nesta segunda-feira que foi aprovada, em reunião do conselho, a terceira emissão de debêntures simples da companhia, não conversíveis em ações, em duas séries, no valor de R$ 2,5 bilhões, com valor unitário de R$ 1 mil. A data da emissão, com esforços restritos, é 15 de abril. Os papéis caíam 0,09%, a R$ 10,60.

BB - O Banco do Brasil (SA:BBAS3) comunicou nesta segunda-feira a renúncia de Julio Cesar Rodrigues da Silva ao cargo de diretor comercial de Varejo. A ação recuava 1,02%, a R$ 29,25.

Aliansce Sonae (SA:ALSO3) - A operadora de shoppings Aliansce Sonae comunicou que retomou nesta segunda-feira as operações do Boulevard Shopping Campos, em Campos dos Goytacazes (RJ), e Shopping Parangaba, em Fortaleza (CE). Segundo a empresa, os shoppings estão seguindo rígido protocolo de reabertura e atendendo às recomendações das autoridades locais. O papel recuava 0,78%, a R$ 26,70.

brMalls - A BR Malls (SA:BRML3) retomou as operações de quatro shopping centers nos últimos dias. Foram reabertos o Center Shopping Uberlândia (MG), no dia 07, o NorteShopping e o Shopping Tijuca, no Rio de Janeiro, no dia 09, e o Shopping Estação Cuiabá (MT), no dia 10. A ação caía 0,92%, a R$ 9,72.

Tupy - Em resposta a questionamentos da B3 (SA:B3SA3), a Tupy (SA:TUPY3) apontou que a oscilação atípica das ações da companhia nos pregões dos dias 9 e 12 de abril pode estar atrelada à inclusão do julgamento do negócio com a Teksid na pauta da 175ª Sessão Ordinária do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O papel subia 2,1%, a R$ 24,37.

Com Reuters, Estadão Conteúdo e Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content