sábado, 04 de dezembro de 2021
Ações

Gol recua após cortar estimativas para 1T; BTG espera pressão de petróleo e câmbio

Perto das 14h56, os papéis da Gol eram negociados a R$ 23,11

14 abril 2021 - 14h58Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - As ações da Gol (SA:GOLL4) caíam 0,43% no início da tarde desta quarta-feira (14) após a companhia aérea divulgar que espera prejuízo de R$ 2,35 por ação e de US$ 0,83 por ADR no primeiro trimestre.

Segundo a prévia operacional da companhia, publicada na noite desta terça (13), a margem Ebitda entre janeiro e março, excluindo despesas não operacionais e não recorrentes, deve ficar entre 20% e 22%, ante 46% no primeiro trimestre de 2020. A receita unitária de passageiro no período deve ser cerca de 12% menor na comparação anual, e a receita unitária deve recuar 9%.

Para os analistas do BTG Pactual (SA:BPAC11), o corte da expectativa da capacidade para 185 a 200 voos/dia em abril já era esperado e, apesar de uma redução significativa na base mensal, será cinco vezes maior do que em abril de 2021.

Segundo eles, em relatório desta quarta, a redução nas expectativas não foi uma surpresa por conta do aumento dos casos de Covid-19 no Brasil.

Eles mantiveram a recomendação de Compra para a área, mas reconhecendo que a segunda onda do vírus e os preços mais voláteis do câmbio e do petróleo podem pressionar as companhias aéreas no segundo trimestre.

Já a Mirae Asset espera uma maior recuperação operacional na empresa e em margens somente ao longo do segundo semestre, quando o número de vacinados no país cresça, junto à retomada da economia.

Perto das 14h56, os papéis da Gol eram negociados a R$ 23,11, com alta acumulada de 1,4% nos últimos trinta dias e de 88% nas últimas 52 semanas.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content