Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Ajustes

Globo anuncia mudanças na programação após prejuízo de R$ 114 milhões no 1º semestre

Dança das cadeiras envolve os jornalistas Tadeu Schimdt, Maria Júlia Coutinho e César Tralli

11 outubro 2021 - 10h58Por Redação SpaceMoney

No último domingo (10), a Globo anunciou mudanças em sua programação após a saída de apresentadores e a necessidade de reajuste em suas contas.

O jornalista Tadeu Schmidt, apresentador do Fantástico, assume a 22ª edição do Big Brother Brasil, no lugar de Tiago Leifert, que anunciou o fim de seu contrato com a emissora por motivos pessoais.

Com isso, Maria Júlia Coutinho assume o dominical ao lado de Poliana Abritta e César Tralli, apresentador do SP1, assume o vespertino Jornal Hoje.

Todas essas alterações ocorrem após o Grupo Globo reportar um prejuízo de R$ 114 milhões no 1º semestre deste ano, que ainda representam uma alta de 122% na comparação com o mesmo intervalo de 2020 - quando foram registradas perdas de R$ 51 milhões.

Este índice negativo representa quase 70% do lucro total que a emissora registrou em 2020, que foi de R$ 167,8 milhões.

No período, a receita líquida avançou 17,0% - R$ 948 milhões - e foi registrada no patamar de R$ 6,45 bilhões. De janeiro a junho deste ano, o grupo da família Marinho realizou cortes em despesas com pessoal que trouxeram ao caixa R$ 281 milhões.

Em comunicado divulgado no início de setembro, a Globo disse que, “a retomada gradativa de gravações e a normalização da programação são
fatores importantes que refletem os efeitos positivos da campanha de vacinação no Brasil e consequente queda do número de casos de Covid 19”.

E, apesar do prejuízo, a companhia informou que a continuidade de projetos de conteúdos originais, programas ao vivo e reality-shows, somados ao retorno dos eventos esportivos, garantiu uma expansão de 39,0% na receita líquida do segundo trimestre deste ano e totalizou R$ 3,54 bilhões.

Em 30 de junho, o caixa atingiu R$ 12,5 bilhões, 3% inferior ao mesmo período de 2020.

Entretanto, a empresa tem eliminado algumas transmissões para cortar gastos. Recentemente, a Globo perdeu os direitos da Copa Libertadores, dos Campeonatos Carioca e Paulista, da Copa Sul-Americana e da Recopa Sul-Americana.

A emissora também perdeu os direitos de exibição da Liga dos Campeões da Europa e das temporadas 2021 e 2022 da Fórmula 1.

 

Tags: Globo

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: