Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Para ficar de olho

General Mills, KB Home, FOMC, Copom: 4 assuntos para observar na quarta-feira

Federal Reserve iniciou sua reunião de política monetária, que será concluída ao final da quarta-feira

21 setembro 2021 - 18h53Por Investing.com

Por Dhirendra Tripathi e Ana Julia Mezzadri, da Investing.com - Os investidores sacudiram a volatilidade de segunda-feira (20) e forçaram as ações dos EUA levemente para cima na maior parte do pregão de terça-feira (21), aparentemente mais relaxados em seus temores quando à dívida da chinesa Evergrande (OTC:EGRNY), que abalou os mercados mais cedo. As ações sustentaram ganhos quase até o final, quando o S&P 500 e o Dow caíram para o vermelho, embora o Nasdaq tenha encerrado em alta.

O Federal Reserve iniciou hoje a sua reunião de política monetária, que será concluída ao final da quarta-feira (22), quando divulgará sua decisão e o Presidente Jerome Powell fará um breve pronunciamento para a mídia. A antecipação vem se acumulando há semanas.

As ações de tecnologia impulsionaram o índice Nasdaq para cima e o índice de volatilidade CBOE, também chamado de "indicador de medo" em Wall Street, retrocedeu para baixo da máxima de quatro meses que havia atingido um dia antes.

As preocupações com a Evergrande aumentaram durante o pregão de ontem, quando os investidores demonstraram preocupação com uma contágio global nos mercados financeiros. As maiores economias do mundo estão tentando se recuperar da pandemia, e qualquer perturbação pode desestabilizar os mercados.

Espera-se que a Fed estabeleça as bases para reduzir seu gigantesco estímulo representado pela compra de títulos, embora possa adiar o anúncio dos seus planos até reuniões futuras. Embora a expectativa geral seja que esta redução gradual se inicie nos próximos meses, os mercados ainda estão vacilantes quanto aos detalhes.

No Brasil, as ações também terminaram o dia em alta, acompanhando o exterior e ajudadas pelas expectativas do mercado em torno de uma resolução para a questão dos precatórios. O Ibovespa terminou o dia em alta de 1,29%.

Aqui estão quatro coisas que podem afetar os mercados amanhã:

1. Copom

No Brasil, o mercado aguarda o fim da reunião do Copom e o anúncio de sua decisão em relação à taxa de juros. A expectativa é que a Selic seja elevada em 1 ponto percentual, para 6,25% ao ano. Os investidores acreditam ainda que o Banco Central deva indicar novas elevações da taxa à frente.

2. General Mills

A General Mills Inc (NYSE:GIS) (SA:G1MI34), fabricante do cereal Cheerios e do iogurte Yoplait, apresentará seu desempenho do primeiro trimestre na quarta-feira. Espera-se que ela registre US$ 0,89 em lucro por ação, sobre receitas de US$ 4,3 bilhões.

3. Construtoras

As construtoras de imóveis residenciais dos EUA tiveram uma semana ruim depois que a D.R. Horton Inc (NYSE:DHI) (SA:D1HI34) reduziu as expectativas de vendas e a Lennar Corporation (NYSE:LEN) (SA:L1EN34) não conseguiu atingir as expectativas de receitas, ambas citando problemas na cadeia de fornecimento. Depois do sino de fechamento de amanhã, a KB Home (NYSE:KBH) deve anunciar seus resultados. A expectativa é que ela registre lucro por ação de US$ 1,61 sobre receitas no terceiro trimestre de US$ 1,56 bilhão.

4. Fomc

A reunião de dois dias do Comitê Federal do Mercado Aberto se encerra na quarta-feira. O Fed indicou que irá retirar seu apoio monetário sem precedentes antes do final do ano. É provável que isso se inicie com a desaceleração das compras de ativos por parte do banco central, eventualmente acompanhada por uma elevação das taxas de juros. Não são esperadas mudanças de política importantes no anúncio de quarta-feira do Presidente Jerome Powell, embora todas as atenções recaiam sobre ele.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: