segunda, 16 de maio de 2022
Prévia

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta sexta-feira (20)

Aqui está o que você precisa saber sobre os mercados financeiros hoje

20 agosto 2021 - 09h20Por Investing.com

Por Geoffrey Smith e Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - Outro dia, outro mergulho para as ações chinesas depois que mais setores foram criticados pela mídia estatal.

Fundo eleitoral de R$ 5 bilhões aprovado pelo Congresso Nacional deve ser sancionado ou vetado hoje, segundo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Johnson & Johnson recebe um novo CEO e Spotify anuncia uma nova recompra, mas as ações dos EUA devem abrir em baixa novamente. Já Elon Musk quer fazer um protótipo de robô humanóide no próximo ano.

Aqui está o que você precisa saber sobre os mercados financeiros nesta sexta-feira, 20 de agosto:

1. LDO e reforma do Imposto de Renda
O presidente Jair Bolsonaro afirmou que irá sancionar ou vetar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022 hoje (20) e prometeu que fará “a coisa certa” em relação ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha, num sinal à rejeição do aumento de verbas eleitorais proposta pelos parlamentares.

Quando a LDO foi aprovada, o Congresso subiu de R$ 2 bilhões para R$ 5 bilhões o valor do financiamento eleitoral público.

Bolsonaro já havia dito em outras ocasiões que vetaria a alteração integralmente ou a limitaria aos R$ 3 bilhões.

Ainda no campo econômico, o jornal O Estado de S.Paulo publicou que o ministro da Economia Paulo Guedes pretende se reunir com líderes da oposição na semana que vem para encontrar um meio termo na Reforma do Imposto de Renda.

Entretanto, a equipe econômica não descarta a possibilidade de abandonar o projeto, caso fique claro que ele será desvantajoso para as contas do país.

2. Temor de regulamentação na China
As ações chinesas caíram novamente, com o índice Hang Seng num recuo de 1,8% para uma mínima de 10 meses e o índice FTSE China A50 numa retração de 2,9%, com temores levantados pela mídia estatal de uma regulamentação mais rígida além das empresas de tecnologia, que atingiria setores da economia no futuro.

Reportagens da mídia estatal reclamaram de regulamentação muito frouxa em setores como farmácias on-line, bebidas e cosméticos - empresas muito distantes das plataformas de Internet centradas em dados que suportaram o impacto da maioria das iniciativas regulatórias recentes.

No entanto, Pequim também não tem desistido dessas empresas, e promulga uma nova lei de proteção de dados na sexta-feira semelhante ao Regulamento de Proteção Global de Dados na Europa. 

Espera-se que seja uma das leis mais rígidas e mais ativamente aplicadas sobre privacidade de dados. As ações da Alibaba (HK:9988) em Hong Kong caíram 2,6%, para um novo recorde de baixa.

3. Ações dos EUA devem retornar às quedas; Johnson & Johnson e Spotify em foco
Espera-se que os mercados de ações dos EUA retomem sua tendência de queda quando abrirem mais tarde, apesar de obter ganhos modestos na quinta-feira, após um início difícil de dia.

Por volta das 08h45, os futuros do Dow Jones, os futuros do S&P 500 e os futuros da Nasdaq 100 caíam respectivamente 0,42%, 0,35% e 0,17%.

O índice de ações tecnológicas Nasdaq teve um desempenho marginalmente melhor esta semana, com as ações mais cíclicas dos dois outros índices principais sendo atingidas mais duramente por temores sobre a continuação da propagação da Covid-19, tanto nos EUA como no exterior.

Em foco mais tarde estará o Facebook (NASDAQ:FB) (SA:FBOK34), que enfrenta um processo antitruste revivido da Federal Trade Commission, e Spotify (NYSE:SPOT) (SA:S1PO34), que inesperadamente anunciou um programa de recompra de US$ 1 bilhão.

A decisão da Johnson & Johnson de promover um funcionário interno para o cargo de CEO também chama a atenção.

Deere (NYSE:DE) (SA:DEEC34) e Foot Locker (NYSE:FL) lideram uma reduzida agenda de divulgação de resultados hoje.

4. Desvio de foco de Musk com robô humanóide
O CEO da Tesla (NASDAQ:TSLA) (SA:TSLA34) Elon Musk encontrou uma maneira de desviar a atenção da investigação da National Highway Transportation Safety Administration sobre seu software Autopilot.

Musk disse a um evento para investidores grandiosamente intitulado “AI Day”, na quinta-feira, que a empresa provavelmente irá construir um robô protótipo de humanóide no próximo ano, projetado para fazer tarefas chatas e repetitivas que as pessoas preferem não fazer.

Musk também revelou mais informações sobre os chips que projetou internamente para ajudar a impulsionar sua tecnologia de autodirecionamento, mas não deu prazo para quando a empresa será capaz de oferecer soluções que não requerem a intervenção de um motorista humano.

5. Petróleo cai novamente antes da contagem da plataforma, dados CFTC
Os preços do petróleo estão a caminho de uma perda semanal de mais de 10%, depois de ceder durante a noite em uma combinação de temores pela demanda e um dólar mais forte.

No entanto, a maioria dos metais básicos subia ligeiramente, e estabilizava no final de uma semana difícil dominada pelas notícias de cortes na produção de aço chinesa, aparentemente para conter a poluição.

Por volta das 08h54, os contratos futuros do petróleo WTI caíram 1,15% a US$ 62,76 o barril em Nova York, enquanto os futuros do petróleo Brent, a referência global de preços, recuavam 1,05%, a US$ 65,75 o barril em Londres.

Os dados de contagem de sondas de Baker Hughes serão divulgados mais tarde, em meio a sinais de que a indústria de shale responde à recuperação deste ano, com aumento modesto de produção.

Os dados da Commodity Futures Trading Commission sobre posicionamento líquido por fundos de hedge e gestores de dinheiro provavelmente mostrarão outra queda acentuada nas posições compradas, no entanto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content