sexta, 24 de maio de 2024
SpaceMercado

Fiagros têm alta em emissões e captações em março, diz Anbima

Três fundos levantaram R$ 670 milhões em ofertas públicas, com alta de 77,0% na comparação a fevereiro

22 abril 2023 - 14h00Por Lucas de Andrade

Os Fiagros (Fundos de Investimento em Cadeias Agroindustriais) apresentaram alta nas emissões e nas captações em março.

De acordo com dados da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), foram levantados R$ 670 milhões em ofertas públicas de três fundos em março (alta de 77% em relação ao resultado de fevereiro).

Do total alcançado pelas ofertas públicas no mês, 87% dos recursos foram destinados às pessoas físicas, enquanto investidores institucionais ficaram com 13%.

Os resultados registrados em março contribuíram ainda para o aumento das emissões de Fiagros no primeiro trimestre de 2023 na comparação com o mesmo período do ano passado.

As emissões saltaram de R$ 1,9 bilhão nos primeiros três meses de 2022 para R$ 2,8 bilhões em 2023 (alta de 46,8%).

“Os Fiagros foram um dos poucos instrumentos do mercado de capitais que apresentaram alta nas emissões no primeiro trimestre de 2023. A expectativa é que eles ganhem ainda mais relevância neste ano, dada a importância para o financiamento do agronegócio no país, e continuem atraindo investidores”, afirma Sergio Cutolo, vice-presidente da entidade.

Com os resultados alcançados em março, as emissões de Fiagros somam R$ 11,3 bilhões desde agosto de 2021, quando o produto começou a ser comercializado.

Com relação à captação líquida - a diferença entre aportes e regastes -, os Fiagros também tiveram um desempenho melhor em março do que em fevereiro, com resultado positivo em R$ 11,6 milhões.

O patrimônio líquido desses fundos também cresceu. O volume passou de R$ 11,3 bilhões, em fevereiro, para R$ 11,5 bilhões.