sábado, 27 de novembro de 2021
Radar corporativo

Estatais se recuperam com sinalização liberal; WEG, Gerdau e Aeris disparam

24 fevereiro 2021 - 10h29Por Investing.com
Campanha Black Friday 2021 - Warren

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - Os papéis da Eletrobras disparavam e lideravam as altas do Ibovespa após a entrega da MP de privatização da estatal ao Congresso. Gerdau vinha em seguida, com salto de 940% no lucro líquido na base anual. A Petrobras (SA:PETR4) se recupera do tombo do início da semana, enquanto WEG sobe após balanço e Aeris avança com negócio de R$ 3 bilhões com a Siemens.

Essas são as principais notícias corporativas desta quarta-feira, 24 de fevereiro.

Eletrobras (SA:ELET3) - O presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e os ministros de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, entregaram pessoalmente ao Congresso o texto da MP de privatização da Eletrobras. As ações ordinárias da estatal subiam 6,52%, a R$ 34,80.

Aeris - A produtora de equipamentos para geração de energia Aeris fechou contrato estimado em R$ 3 bilhões para o fornecimento de pás eólicas à Siemens Gamesa, informou a empresa nesta terça-feira. O papel disparava 9,71%, a R$ 11,64.

Telefônica Brasil (SA:VIVT4) - A Telefônica Brasil, dona da Vivo, fechou o quarto trimestre de 2020 com lucro líquido de R$ 1,293 bilhão, o que representa uma ligeira alta de 1,5% em relação ao mesmo período de 2019, em função da menor despesa com impostos, conforme explicou a companhia. As ações subiam 0,4%, a R$ 45,28.

Gerdau (SA:GGBR4) - A Gerdau teve lucro líquido de R$ 1,057 bilhão nos últimos três meses de 2020, um salto de 939% em relação ao mesmo período do ano anterior. O papel avançava 5,33%, a R$ 27,10.

Unidas - A Unidas anunciou nesta terça-feira que seu lucro líquido de outubro a dezembro somou R$ 197,1 milhões, alta de 105,3% no comparativo com igual etapa de 2019. As ações subiam 2,16%, a R$ 25,59.

CSN (SA:CSNA3) - A CSN espera que o preço médio de aço praticado pela empresa no primeiro trimestre seja 25% maior que o registrado no fim do ano passado, em meio a uma combinação de migração de efeitos de reajustes passados com novos, afirmou nesta terça-feira o diretor comercial da companhia. Os papéis subiam 2,75%, a R$ 36,60.

WEG - A Weg (SA:WEGE3) encerrou o quarto trimestre de 2020 com lucro líquido de R$ 742,229 milhões, o que representa um crescimento de 48,3% ante o registrado no mesmo período de 2019. No ano, o lucro chegou a R$ 2,340 bilhões, avanço de 45% ante o ano anterior. A ação subia 3,06%, a R$ 86,22.

GPA (SA:PCAR3) - As ações do GPA subiam 0,19% após a companhia reportar lucro líquido de R$ 1,6 bilhão no quarto trimestre, alta de 1.432% na base anual, com analistas apontando para resultados “sólidos” e destacando o crescimento das vendas online.

Movida (SA:MOVI3) - Em entrevista ao Investing.com, o diretor financeiro da Movida, Edmar Lopes, se disse otimista com o cenário à frente e que a maior aposta para o futuro do aluguel de carros será o Zero Km, serviço de carros por assinatura para pessoa física a longo prazo da companhia. O papel subia 1,6%, a R$ 19,10.

Vale (SA:VALE3) - A Vale informou que o nível de emergência foi retirado da barragem Itabiruçu, localizada no Complexo de Itabira, após análise sobre suas características geotécnicas. A ação subia 0,6%, a R$ 97,53.

Engie Brasil - A elétrica Engie Brasil Energia (SA:EGIE3) recebeu autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, para iniciar as operações comerciais do parque eólico Campo Largo IX a partir desta terça-feira, informou a empresa em comunicado. O papel subia 0,61%, a R$ 42,77.

Com informações de Reuters, Agência Brasil e Estadão Conteúdo

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content