Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Radar corporativo

Eletrobras sobe com novo presidente; shoppings e Turismo recuam

Fique por dentro das 5 principais notícias corporativas desta quinta-feira (25)

25 março 2021 - 11h21Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - Os papéis da Eletrobras subiam nesta quinta-feira (25) após o Conselho de Administração da estatal escolher Rodrigo Limp Nascimento para ser o novo presidente da empresa. Carrefour (SA:CRFB3) Brasil seguia em alta após a compra do Grupo BIG, enquanto as siderúrgicas e os frigoríficos avançavam com o dólar. Na ponta oposta, os papéis de shoppings e ligados a transportes caíam com a falta de perspectiva para o fim da pandemia no país. 

Fique por dentro das 5 principais notícias corporativas desta quinta-feira:

Eletrobras (SA:ELET3) - O Conselho de Administração da Petrobras (SA:PETR4) decidiu por maioria recomendar Rodrigo Limp para ocupar uma vaga no colegiado, para possivelmente suceder Wilson Ferreira Júnior na presidência da companhia.

Eletrobras II - O modelo proposto pelo governo ao Congresso para privatização da Eletrobras foi defendido nesta quarta-feira pelo secretário especial de Desestatização, Diogo Mac Cord, após notícias de que o relator de medida provisória sobre a operação na Câmara poderia apresentar um novo texto.

Eletrobras III - A estatal Eletrobras informou que um dos membros de seu conselho de administração, Mauro Gentile Cunha, renunciou ao cargo na companhia. Os papéis preferenciais classe B subiam 0,58%, a R$ 33,34, enquanto os ordinários avançavam 1,77%, a R$ 32,86.

JBS (SA:JBSS3) - A processadora de carnes JBS fechou o quarto trimestre com lucro líquido de R$ 4 bilhões, um salto de 65% em relação ao mesmo período de 2019, impulsionado por exportações aquecidas para a China, consumo firme tanto no Brasil quanto nos EUA e auxílio da variação cambial. Os papéis subiam 2,11%, a R$ 28,10.

Petrobras - O conselho de administração da Petrobras aprovou nesta quarta-feira a venda da Refinaria Landulpho Alves (Rlam) e seus ativos logísticos associados, na Bahia, para a Mubadala Capital, por US$ 1,65 bilhão, informou a companhia em fato relevante ao mercado.

Petrobras II - A Petrobras informa que quatro membros de sua diretoria executiva comunicaram ao Conselho de Administração que não têm interesse de renovar seus mandatos. São eles Andrea Almeida (Financeira e de Relacionamento com Investidores), André Chiarini (Comercialização e Logística), Carlos Alberto Pereira de Oliveira (Exploração e Produção) e Rudimar Lorenzatto (Desenvolvimento da Produção).

Petrobras III - A Petrobras comunicou nesta quarta-feira que recebeu na última semana a segunda parcela, e última, no valor de US$ 59,4 milhões (aproximadamente R$ 334,9 milhões, segundo cotação do dólar de hoje), do acordo de leniência celebrado pela Samsung Heavy Industries. Os papéis preferenciais da estatal caíam 1,62%, a R$ 22,45.

Grupo Mateus (SA:GMAT3) - O Grupo Mateus, empresa de varejo que atua majoritariamente no Norte e Nordeste do País, reportou lucro líquido de R$ 241 milhões no quarto trimestre de 2020, crescimento de 142,7% sobre igual período do o ano anterior. Em 2020, o lucro líquido ajustado da empresa somou R$ 776 milhões, alta de 112,2% frente ao ano anterior. A ação subia 3,84%, a R$ 7,57.

Grupo Dimed - O Grupo Dimed, da rede de farmácias Panvel, registrou lucro líquido de R$ 24,5 milhões no quarto trimestre de 2020, alta de 1,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. Entretanto, no acumulado do ano, o lucro foi de R$ 64 milhões, redução de 22% ante 2019. Os papéis da Panvel caíam 1,38%, a R$ 19,16.

CSN (SA:CSNA3) Mineração - O conselho de administração da CSN Mineração aprovou um programa de recompra de ações, o qual prevê a aquisição de até 58.415.014 ações ordinárias. O programa terá duração de 18 meses, terminando em 24 de setembro de 2022. A ação subia 0,27%, a R$ 33,39.

Gol (SA:GOLL4) - A Gol Linhas Aéreas confirmou nesta quarta-feira que a reorganização corporativa em negociação com a Smiles (SA:SMLS3) foi aprovada em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) realizadas por ambas. Com isso, fica aprovada a migração da base acionária da Smiles para a Gol, acrescenta a empresa em comunicado ao mercado. O papel subia 1,54%, a R$  20,48.

Com informações da Reuters, Estadão Conteúdo e Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: