Menu
Busca quarta, 22 de setembro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile

EDP Brasil opera em queda; elétrica com proximidade de aquisição de ativos

13 maio 2020 - 13h15Por Investing.com

Por Gabriel Codas Investing.com - No início da tarde desta quarta-feira na bolsa paulista, as ações da EDP (SA:ENBR3) Brasil operam com queda. A companhia anunciou que deverá encerrar até o final do mês a aquisição de dois ativos de geração distribuída de energia em Taubaté (SP), em negócio fechado mesmo em meio a cortes de despesas e investimentos neste ano devido à pandemia de coronavírus, disse um executivo da companhia à Reuters. Por volta das 12h03, os papéis caíam 1,16% a R$ 15,29. O Ibovepsa registrava alta de 0,26% a 78.075 pontos. A transação da empresa, controlada pela elétrica portuguesa EDP, foi acertada junto ao Grupo GD Solar e aprovada sem restrições pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), de acordo com despacho no Diário Oficial da União desta terça-feira.

O vice-presidente de Estratégia e Desenvolvimento de Negócios da EDP, Carlos Andrade, disse que o acordo já estava assinado antes do agravamento da pandemia no Brasil e dependia de condições precedentes como a entrada em operação dos empreendimentos, o que ocorreu em abril. No início de maio, a EDP revelou que chegou a postergar negociações para a possível aquisição de um projeto no setor de transmissão no país devido à crise do coronavírus e suas consequências sobre os mercados de energia e financeiro. “Nós vamos fechar sim, esse é um caso diferente.

O valor da aquisição é uma fração do que estaríamos falando no caso (do ativo) de transmissão. E é em uma área que para nós é muito estratégica, que é a área solar”, disse Andrade à Reuters. Ele revelou que a operação envolveu 13,6 milhões de reais por usinas com uma capacidade instalada de 3,92 megawatts. Isso representa uma expansão de mais de 10% na carteira de ativos de geração solar distribuída da EDP Brasil, que soma atualmente 24 megawatts. A empresa ainda tem cerca de 9 megawatts em empreendimentos em instalação no setor, que devem estar concluídos até o terceiro trimestre, além de negociações em andamento com clientes para viabilizar mais projetos. *Com Reuters

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: