quarta, 08 de dezembro de 2021
Balanços 4T

É amanhã: analistas esperam fortes resultados para Santander Brasil e Bradesco

02 fevereiro 2021 - 15h19Por Investing.com
 - Crédito: Eduardo Soares via Unsplash

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - O Santander Brasil (SA:SANB11) e o Bradesco (SA:BBDC4), que soltam os resultados do quarto trimestre nesta quarta-feira (3) antes e depois do mercado, respectivamente, devem mostrar desempenhos melhores que o período imediatamente anterior, com destaque para política de provisões abaixo da média da sucursal do banco espanhol, apontam analistas da XP Investimentos e do BTG Pactual (SA:BPAC11).

Os analistas da XP escreveram, em relatório, que o Santander Brasil será novamente o destaque entre os bancos na divulgação dos balanços, atingindo lucro de R$ 4,1 bilhões no período com alta de 6% na base trimestral e 11% na anual.

Para a casa de investimentos, o banco deve ser o único da cobertura que apresentará crescimento na comparação anual devido à política de provisões abaixo da média, que a administração do banco acredita ser capaz de suportar o pico de inadimplência em 2021.

Além das provisões, a corretora, que tem recomendação Neutra para a ação, destaca as receitas não decorrentes de juros, que devem se beneficiar de maiores volumes devido à recuperação da economia no trimestre.

O BTG Pactual, por sua vez, espera lucro líquido de R$ 3,66 bilhões para o banco, uma queda de 4% na base sequencial e de 2% na anual. Os analistas têm recomendação Neutra para o papel.

A teleconferência de resultados do Santander Brasil será na quarta, às 10h, horário de Brasília.

Bradesco

Para a XP, os resultados do Bradesco devem ser melhores em relação ao trimestre anterior, devido às receitas, que podem continuar crescendo com a recuperação econômica impulsionando os serviços, ao controle de custos e uma redução de provisões complementares.

Por outro lado, a corretora, que tem recomendação de Compra para o papel, espera que a operação de seguros tenha um desempenho inferior no trimestre, uma vez que a sinistralidade com seguro saúde deve continuar aumentando à medida que os clientes retomam o uso para procedimentos eletivos.

Os analistas têm projeção de lucro líquido de R$ 5,56 bilhões, margem financeira de R$ 15,4 bilhões e receita de serviços de R$ 8,4 bilhões.

Já o BTG Pactual estima lucro líquido de R$ 5 bilhões, alta de 21% na comparação trimestral e de 4% na anual. Os analistas têm recomendação de Compra para a ação.

A teleconferência de resultados do Bradesco será na quinta-feira (4), às 10h30, horário de Brasília.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content