sexta, 03 de dezembro de 2021
Moeda norte-americana

Dólar deve quebrar sequência de perdas de dois dias com estabilização de taxas

O Índice Dólar, que mede a força do divisa em relação a uma cesta ponderada das seis principais moedas, subiu 0,09% para 92,51

07 abril 2021 - 18h45Por Investing.com

Por Yasin Ebrahim, da Investing.com - O dólar subiu contra uma cesta das principais moedas na quarta-feira (7) e parecia prestes a quebrar uma sequência de perdas de dois dias, com os rendimentos dos títulos dos EUA se recuperando, apesar da ata da reunião de março do Federal Reserve confirmando que o banco central não tem pressa em aumentar as taxas.

O Índice Dólar, que mede a força do divisa em relação a uma cesta ponderada das seis principais moedas, subiu 0,09% para 92,51.

"O mercado observou que provavelmente levará algum tempo até que progressos substanciais em direção às metas de emprego máximo e estabilidade de preços do Comitê sejam realizados e que, de acordo com a orientação baseada em resultados do Comitê, as compras de ativos continuarão pelo menos no ritmo atual até então", mostrou a ata.

A ata não ofereceu nenhum novo insight sobre o pensamento do Fed em relação à política monetária, mas as taxas tornaram-se positivas, empurrando o dólar para cima.

O rendimento dos títulos dos EUA a 10 anos aumentou 1 ponto base para 1,665%, após cair para 1,628% na mínima do dia.

O dólar teve um péssimo começo de semana, caindo por dois dias consecutivos, mas alguns estavam temerosos de sugerir que uma tendência de baixa estava se formando antes da ata.

"O dólar norte-americano tem mostrado sinais de fraqueza nesta semana, especialmente em relação às moedas de baixo rendimento, mas parece muito cedo para concluir que este é o início de uma tendência de baixa ainda mais ampla para o dólar", disse o ING.

O dólar e os rendimentos estarão em foco novamente na quinta-feira, quando o presidente do Fed, Jerome Powell, participará de um painel de discussão do FMI sobre o crescimento global.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content