Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Moeda norte-americana

Dólar cai para mínima de três meses; dados econômicos fracos não geram recuperação

25 novembro 2020 - 18h48Por Investing.com

Por Yasin Ebrahim, da Investing.com - O dólar caiu para mínimas de quase três meses na quarta-feira, com sinais de que o Federal Reserve está se preparando para ajustar sua política de compra de títulos e dados de empregos mais fracos do que o esperado, que pouco contribuíram para angariar apoio seguro para a moeda de reserva mundial, sugerindo que uma nova queda está no horizonte.

O Índice Dólar, que mede a força do dólar em relação a uma cesta ponderada pelo comércio das seis principais moedas, caiu 0,31% para 91,93.

Os legisladores do Federal Reserve debateram uma série de opções sobre compras de títulos para apoiar a recuperação, incluindo o aumento do ritmo de compras ou a mudança do foco para títulos de maior duração, mostrou a ata da reunião do Fed de 4 a 5 de novembro.

Por enquanto, parece que o banco central manterá suas compras de ativos no piloto automático, embora provavelmente exponha seu plano nas próximas reuniões.

"Muitos participantes julgaram que o Comitê pode querer melhorar sua orientação para compras de ativos em breve", disse a ata.

A disposição de persistir com a atual política monetária ultra-frouxa surge na esteira dos dados que mostram um aumento consecutivo nos pedidos de auxílio-desemprego pela primeira vez desde julho.

Mas o sinal de fraqueza no mercado de trabalho - antes do relatório mensal de empregos da próxima semana - e o impacto dos casos da Covid-19 na economia não devem impulsionar a demanda pelo dólar, já que é provável que o otimismo sobre as perspectivas baseadas na vacina persista.

"O dólar continua caindo em desgraça, com o ambiente de risco benigno (oDow Jones atingiu 30.000 pela primeira vez) e a perspectiva positiva para a recuperação pós-Covid-19 em 2021 induzindo novos fluxos do dólar para o câmbio cíclico, com o dólar comercial ponderado continuando a cair", disse o ING em uma nota.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: