Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Destaques do dia

Destaques: prata dispara e PMI chinês tem queda

01 fevereiro 2021 - 09h26Por Investing.com

Por Geoffrey Smith, da Investing.com - O preço da prata chega a US$ 30 a onça conforme o exército de investidores de varejo sai do jogo com a GameStop rumo ao mercado de commodities. O short squeeze em outras ações ainda continua. Os índices devem saltar na abertura, ajudados por relatos da Exxon e da Chevron sobre uma possível fusão. E o PMI de manufatura da China atinge o menor nível desde julho, com o retorno dos lockdowns.

Aqui está o que você precisa saber sobre os mercados financeiros na segunda-feira, 1º de fevereiro.

1. Chega de GameStop, aqui vem o #silversqueeze

O frenesi entre algumas ações pesadamente vendidas parece estar diminuindo, à medida que o exército de investidores de varejo reunidos em torno dos fóruns nas redes se concentram em um novo alvo - a prata.

Os futuros da prata subiram 11% a US$ 29,97 a onça às 9h30, tendo sido negociados anteriormente brevemente acima de US$ 30. Os touros têm uma tese de investimento multifacetada: todos os metais industriais estão desfrutando de recuperações saudáveis à medida que o setor manufatureiro mundial lucra com uma mudança nos padrões de gastos sob a pandemia, enquanto as indústrias fotovoltaica e eletrônica que impulsionam a demanda pelo metal também estão aquecidas.

No entanto, o sistema financeiro não está vendido em prata - uma diferença importante entre este mercado e as ações que dispararam na semana passada. E um dos jogadores de Wall Street por mais tempo do que a maioria é ninguém menos que Ken Griffin's Citadel, objeto de muita ira dos investidores de varejo na semana passada.

2. Exxon e Chevron conversam sobre a fusão

Executivos da Exxon Mobil (NYSE:XOM) (SA:EXXO34) e da Chevron (NYSE:CVX) (SA:CHVX34) realizaram conversas preliminares sobre a fusão de suas empresas durante os dias sombrios de 2020, relatou o The Wall Street Journal no fim de semana .

As duas empresas disseram que as negociações são provisórias e que não há discussões em andamento no momento. No entanto, o simples fato de terem ocorrido é uma forte indicação da pressão que a grande indústria do petróleo sofreu no ano passado, à medida que a pandemia acelerou as tendências de afastamento do consumo de petróleo e gás e em direção a fontes de energia mais verdes.

As ações da Exxon Mobil subiram 1,67% nas negociações de pré-mercado com as notícias, enquanto as ações da Chevron subiram 1,29%. Ambas as ações caíram para mínimos de três semanas, na esteira dos resultados trimestrais decepcionantes na semana passada.

3. Índices devem abrir em alto na abertura; aperto continua em meio à calmaria dos balanços

Os índices americanos devem abrir em alta depois de sofrerem a pior perda semanal em três meses na semana passada.

Por volta das 9h30, o Dow Jones Futuros subia 0,78%, enquanto o S&P 500 futuros e o Nasdaq Futuros avançavam 1%.

A temporada de balanços passa pela calmaria usual no início da semana, com Thermo Fisher (NYSE: TMO) (SA:TMOS34), Vertex (NASDAQ:VRTX) e NXP Semiconductors (NASDAQ:NXPI) (SA:N1XP34) sendo os únicos dignos de nota.

O short squeeze da semana passada ainda parece ter algum suco sobrando: as ações da GameStop (NYSE:GME) tiveram alta de 5,4% no pré-mercado, enquanto as ações da AMC Entertainment (NYSE:AMC) subiram 22%. As ações da Koss (NASDAQ:KOSS) subiram 7,8% e as da Bed Bath & Beyond (NASDAQ:BBBY) 6,7%.

4. PMI da China atinge o menor desde julho; libra sobe com vitória da vacina

O boom da prata ocorre no momento em que a economia da China, que compra mais do que qualquer outro país, está dando sinais de arrefecimento. O PMI industrial do Caixin caiu para 51,7, o nível mais baixo desde julho deste mês, devido a surtos localizados de Covid-19, que levaram dezenas de milhões de pessoas a ficarem sob lockdown, assim como a restrições de vários graus aos negócios.

Na Europa, os PMIs de manufatura da IHS Markit vierma mistos, com os da Alemanha e a Espanha caindo novamente em contração, enquanto a França e a Itália foram mais fortes do que o esperado, assim como o Reino Unido. O PMI da Zona do Euro subiu ligeiramente, desafiando as expectativas de queda.

A libra testou uma alta de cinco meses em relação ao euro após a notícia, também apoiada pela resolução de uma disputa sobre a distribuição de vacinas depois que a Comissão Europeia recuou da ameaça de impor inspeções alfandegárias na fronteira irlandesa.

5. Petróleo sobe apoiado por sinais de conformidade com a OPEP

Os preços do petróleo subiram durante a noite depois que novos relatórios de notícias indicaram que os membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo estão cumprindo suas metas de produção acordadas e não cedendo à tentação de bombear mais em um esforço para lucrar com os atuais preços favoráveis.

Às 9h30, os futuros do WTI subiram 1,05%, a US$  52,75 o barril, enquanto os futuros do Brent subiram 1,38%.

A disciplina é ainda mais impressionante devido à intensa pressão orçamentária sob a qual muitos membros da OPEP estão sujeitos. O Iraque, o segundo maior produtor do bloco, abriu negociações na semana passada com o Fundo Monetário Internacional sobre um resgate. Seu governo redigiu um corte de US$ 20 bilhões nos gastos este ano, reportaram notícias no fim de semana.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: