Menu
Busca segunda, 18 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Destaques do dia

Destaques: desemprego nos EUA e reabertura de fronteiras francesas com o Reino Unido

23 dezembro 2020 - 09h39Por Investing.com

Por Geoffrey Smith, da Investing.com - Os EUA divulgam os últimos dados de pedidos de seguro-desemprego antes do feriado de Natal, juntamente com dados semanais de estoque de petróleo que podem confirmar novos sinais de demanda fraca. A França reabre a fronteira com o Reino Unido sob pressão para manter o fluxo do comércio interno, e Elon Musk diz que certa vez abordou Tim Cook com o objetivo de vender a Tesla para a Apple.

Aqui está o que você precisa saber sobre os mercados financeiros na quarta-feira, 23 de dezembro.

1. Pedidos de seguro-desemprego, dados de renda pessoal no radar

Os EUA divulgarão os dados semanais de pedidos de seguro-desemprego às 10h30, horário de Brasília, em meio a preocupações de que a nova variante do vírus Covid-19 possa levar a restrições mais longas e mais rígidas à economia no ano novo.

O número de reivindicações iniciais permanece alto em 885.000. Os EUA também divulgarão dados de novembro para renda e gastos pessoais.

Os números vêm um dia depois que o presidente Donald Trump semeou confusão ao exigir mudanças no pacote de estímulo de US$ 900 bilhões enviado a ele pelo Congresso antes de assiná-lo. Trump disse que os legisladores deveriam aumentar o tamanho dos cheques de estímulo direto e cortar vários elementos dos gastos do governo contidos no projeto de lei de gastos separado que também foi aprovado no fim de semana.

2. França reabre a fronteira com o Reino Unido

A França concordou em reabrir a fronteira com o Reino Unido, depois de fechá-la no fim de semana em resposta à descoberta de uma nova variante mais contagiosa do vírus da Covid-19.

Muitos outros países também cortaram as ligações de transporte com o Reino Unido, mas a fronteira francesa é particularmente importante porque cobre o Túnel da Mancha, uma artéria vital para o comércio dentro do continente. O fechamento deixou muitos motoristas de caminhão europeus na Inglaterra, ao mesmo tempo que ameaçava levar à escassez de alimentos frescos no Reino Unido em alguns dias.

Essas preocupações econômicas superaram as de saúde, já que a fronteira foi reaberta, apesar da falta de qualquer arranjo que permitisse um teste rápido e confiável de motoristas para a doença.

3. Índices devem abrir em alta

As ações dos EUA devem abrir moderadamente em alta, com sinais de desaceleração dos mercados antes do feriado de Natal.

O Dow Jones Futuros, o S&P 500 Futuros e o Nasdaq 100 Futuros subiam 0,16%, 0,18% e 0,02%, respectivamente.

As perdas nos índices Dow Jones e S&P 500 na terça-feira, devido à queda na confiança do consumidor e dos dados de vendas de casas, sugerem que os mercados podem ser sensíveis a mais sinais de desaceleração da economia devido à pandemia.

As ações que provavelmente estarão em foco incluem o Walmart (NYSE:WMT) (SA:WALM34), que caiu 1,2% na terça-feira depois que advogados dos EUA processaram a rede por seu suposto papel na crise dos opioides. A empresa classificou o processo como uma tentativa de desviar a atenção das deficiências do governo, especialmente nos departamentos de Saúde.

4. Musk relata desprezo por Cook

Elon Musk disse que abordou o CEO da Apple ({{NASDAQ:AAPL) (SA:AAPL34), Tim Cook, com o objetivo de vender a Tesla (NASDAQ:TSLA) (SA:TSLA34) alguns anos atrás, quando a companhia ainda lutava para emplacar. Cook se recusou a participar da reunião, disse Musk via Twitter.

Os comentários foram feitos um dia depois que a Reuters relatou que a Apple havia revivido seus planos de construir um veículo elétrico sem motorista, com previsão de lançamento de um produto para o mercado de massa em 2024. O relatório sugere que a Apple identificou um grande avanço na tecnologia de baterias e analistas dizem que pode ameaçar ultrapassar o de Tesla.

A perspectiva de competição da Apple, uma das poucas empresas no mundo a se igualar ao poder da marca Tesla, ajudou a empurrar as ações da montadora para baixo 0,9% no pré-mercado, após uma perda de 1,5% na terça-feira.

5. Relatórios EIA marcam mercado de petróleo

Os preços do petróleo bruto subiram durante a noite, se recuperando após um aumento surpreendente nos estoques dos EUA na semana passada. A American Petroleum Institute estimou que os estoques de petróleo bruto aumentaram 2,7 milhões de barris na semana passada, o sexto aumento semanal consecutivo e o maior em quatro semanas.

A Administração de Informações de Energia dos EUA divulgará seus dados às 12h30 horário. Os dados de EIA da semana passada, que usam metodologia ligeiramente diferente, mostraram os estoques se movendo em uma direção diferente dos números da API, então os números de hoje podem ajudar a esclarecer a tendência.

O Petróleo Brent Futuros subia 0,24%, a US$ 50,20 o barril, enquanto o Petróleo WTI Futuros avançava 0,21%, a US$ 47,12.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: