quinta, 23 de maio de 2024
SpaceMercado

Balanços de Romi (ROMI3) e Usiminas (USIM5), destaques de 3R (RRRP3), Oi (OIBR3), Vale (VALE3) e +

Veja as notícias corporativas que impactaram o mercado financeiro durante a semana de 17 a 21 de abril

22 abril 2023 - 10h00Por Lucas de Andrade

Veja as notícias corporativas que impactaram o mercado financeiro durante a semana de 17 a 21 de abril:

Balanços

Romi (ROMI3)

A Romi (ROMI3) registrou um lucro líquido de R$ 36,1 milhões no primeiro trimestre deste ano, uma expansão de 18,4% sobre a cifra reportada um ano atrás.

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou R$ 45,3 milhões entre os meses de janeiro e março, avanço de 13,3% na base de comparação anual.

A receita líquida chegou a R$ 259,2 milhões no período, queda de 9,2% em relação ao mesmo intervalo do ano anterior. 

 

Usiminas (USIM5)

A Usiminas (USIM5) registrou um lucro líquido de R$ 544 milhões no primeiro trimestre de 2023, cifra 57,0% abaixo do que foi apurado no mesmo intervalo de 2022.

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), em critérios ajustados, somou R$ 783,0 milhões entre janeiro e março passados - uma retração de 50% em relação ao que foi computado no mesmo período do ano anterior.

A receita líquida totalizou R$ 7,255 bilhões no primeiro trimestre deste ano, um recuo de 8% na base de comparação anual.

 

Informe corporativo

3R (RRRP3): conselho de administração aprova aumento de capital de até R$ 899,9 milhões

A 3R (RRRP3) informou, no último domingo (16), que seu conselho de administração aprovou o aumento de seu capital social por subscrição privada em valor máximo de R$ 899.999.976,75, com a emissão particular de 36.809.815 papéis, e, em valor mínimo mínimo de R$ 600.000.017,10, com a emissão particular de 24.539.878 ações ordinárias.

Na opinião da administração, o aumento de capital gera valor para os acionistas e atende aos melhores interesses da companhia.

A petroleira busca aumentar a posição de caixa, otimizar a estrutura de capital, reduzir alavancagem, e fazer frente às despesas e aos investimentos em bens de capital (CAPEX).

Os novos papéis serão emitidos ao valor de R$ 24,45 por unidade.

De acordo com a companhia, o percentual de diluição potencial resultante da emissão, para os acionistas que não subscreverem nenhuma ação no âmbito do aumento de capital, vai ser de, no máximo, 15,3440% e, no mínimo, 10,7807%, a depender do número de novas ações a serem efetivamente emitidas. 

 

B3 (B3SA3): CVM autoriza aquisição de Neurotech, no valor total de R$ 1,142 bilhão

A B3 (B3SA3) foi autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a adquirir Neurotech, empresa de inteligência artificial (IA) e Big Data. A transação envolve o montante de R$ 1,142 bilhão.

 

Leia maisB3: veja o calendário de balanços do 1º trimestre de 2023

 

Banco do Brasil (BBAS3)

O Banco do Brasil (BBAS3) precificou, na terça-feira retrasada (11), a captação internacional sustentável de dívida sênior, do tipo sustainability bond, no valor de US$ 750 milhões, com vencimento em 18 de abril de 2030 e cupom de 6,250% ao ano. 

A liquidação financeira da operação ocorreu na última terça-feira, 18 de abril. 

 

CCR (CCRO3)

A CCR (CCRO3) decidiu pela descontinuidade do Projeto Nasp (Novo Aeroporto de São Paulo), na região metropolitana da capital paulista.

Em fevereiro de 2016, sua controlada, Companhia de Participações em Concessões (CPC) celebrou contrato na condição de compromissária compradora para aquisição de um terreno situado nos municípios de Cajamar e Caieiras pelo valor total de R$ 387,4 milhões. 

 

Cemig (CMIG4) e Light (LIGT3)

A Cemig (CMIG4) concluiu a alienação para a Light (LIGT3) da totalidade de sua participação societária, correspondente a 49,0%, no capital social da Axxiom Soluções Tecnológicas, pelo valor simbólico de R$ 1,00.

 

Eletrobras (ELET3)(ELET6)

A Eletrobras (ELET3)(ELET6) pretende adiantar R$ 4 bilhões de dívida de usina Santo Antônio com bancos, dentre recursos captados junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) - até R$ 1,9 bilhão - e outras instituições financeiras como Banco da Amazônia, Banco do Brasil (BBAS3), Banco do Nordeste, Bradesco (BBDC4), Caixa Econômica Federal, Haitong, Itaú BBA e Santander (SANB11) - até R$ 2,08 bilhões.

 

Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3)

A combinação entre os negócios e as bases acionárias dos grupos Fleury (FLRY3) e do Instituto Hermes Pardini (PARD3) de acordo com projeções atualizadas da empresa de medicina diagnóstica, pode gerar sinergias anuais estimadas entre R$ 200 e 220 milhões em EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) incremental.

 

Oi (OIBR3)(OIBR4)

A nova versão da lista de credores da Oi (OIBR3)(OIBR4) traz R$ 44,3 bilhões em dívidas.

 

Vale (VALE3)

A produção de minério de ferro da Vale (VALE3) se expandiu em 5,8% na comparação com o primeiro trimestre do ano anterior e alcançou 66,7 milhões de toneladas, ao passo que o volume de vendas de finos e pelotas de minério de ferro somou 45,8 milhões de toneladas no período, queda de 10,6% em doze meses.

A produção de pelotas aumentou 20% em um ano, impulsionada pela maior disponibilidade de pellet feed e menores atividades de manutenção. 

As vendas de finos e pelotas de minério de ferro reduziram 7,0% na base de comparação anual, devido a restrições de embarque no Sistema Norte durante o período chuvoso e ao rebalanceamento do supply chain. 

A produção de cobre aumentou 18% em doze meses, enquanto as vendas avançaram 21,0% ano a ano, em linha com a maior produção. 

A produção de níquel diminuiu 10%, na comparação com o intervalo entre janeiro e março retrasados.

 

Em outra frente, a mineradora anunciou que Emily Olson vai assumir a diretoria de Sustentabilidade e Assuntos Corporativos no negócio de Metais Básicos a partir da próxima segunda-feira, 24 de abril.