Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Balanços 1T21

CSN sobe antes do balanço do 1T; veja o que esperam XP e Banco Inter

Perto das 15h16, os papéis eram negociados a R$ 51,53

28 abril 2021 - 15h18Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - Os papéis da CSN (SA:CSNA3) subiam 1,06% nesta quarta-feira (28) antes da divulgação do balanço da companhia, após o fechamento do mercado, que deve mostrar impacto positivo com os preços mais altos do minério de ferro e do aço no primeiro trimestre, segundo analistas da XP Investimentos.

Em relatório, eles escrevem esperar um aumento de 20% nos preços realizados do aço, parcialmente compensado por maiores custos com minério de ferro e carvão.

Com isso, esperam que o EBITDA do segmento de Siderurgia chegue a R$ 1,6 bilhão, enquanto o do segmento de mineração deve chegar a R$4 bilhões devido aos preços de minério de ferro mais altos mais do que compensando os embarques sazonalmente mais baixos.

Eles mantiveram a recomendação de Compra, com preço-alvo de R$ 55 por ação, com base em na expectativa de níveis saudáveis para os preços do minério no futuro e os projetos da companhia de expansão no segmento.

A corretora espera lucro líquido de R$ 2,23 bilhões, receita líquida de R$ 11,1 bilhões, EBITDA de R$ 5,77 bilhões e margem EBITDA de 51,6%.

Já a analista Gabriela Joubert, do Banco Inter (SA:BIDI4), escreveu em relatório acreditar que a CSN será o destaque no segmento de mineração do trimestre, com vendas maiores e preços mais elevados. Ela também destacou que a empresa será beneficiada pelo braço de mineração.

Perto das 15h16, os papéis eram negociados a R$ 51,53, com alta acumulada de 35% nos últimos trinta dias e de 473% nas últimas 52 semanas.

CSN Mineração

Já para a CSN Mineração (SA:CMIN3), os analistas da XP apontam que, apesar da expectativa positiva para o EBITDA da companhia, espera-se também um efeito negativo dos maiores preços spot nas compras de minério de terceiros e da menor diluição dos custos fixos, dada a redução dos volumes.

Eles mantiveram a recomendação de Compra, com preço-alvo de R$ 14. Os papéis subiam 3,32%, a R$ 10,59. 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: