domingo, 14 de agosto de 2022
[E-BOOK - COMO INVESTIR 50K - SPACENOW DESKTOP - 200X74]
Em torno de R$ 600 mi

CPI pede que PGR suspenda contratos do governo garantidos pelo FIB Bank

Membros da comissão solicitaram também que o Tribunal de Contas da União (TCU) faça uma auditoria nos contratos firmados

14 setembro 2021 - 15h38Por Reuters
[HURST - MODELO 3 - BILBOARD TOPO 2 -970 X 250 CANAIS]
CPI da Covid - Randolfe, Aziz e RenanCPI da Covid - Randolfe, Aziz e Renan - Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Ricardo Brito, da Reuters - A CPI da Covid aprovou nesta terça-feira um requerimento para que a Procuradoria-Geral da República (PGR) determine ao governo federal a suspensão de todos os contratos que usem o FIB Bank como instituição garantidora, e também que o Tribunal de Contas da União (TCU) faça uma auditoria nesses contratos.

Durante a reunião da CPI, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) disse que o FIB Bank emitiu garantias a órgãos federais no valor de 600 milhões de reais.

A comissão toma o depoimento nesta terça do advogado Marcos Tolentino, suspeito de ser sócio oculto do FIB Bank, empresa que emitiu de forma suspeita uma carta-fiança que foi dada como garantia pela Precisa Medicamentos nas negociações da vacina indiana contra coronavírus Covaxin.

[HURST -  MODELO 3 - SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

"O governo federal, mesmo avisado pela Comissão Parlamentar de Inquérito do Senado Federal, aceita uma carta bancária que não era bancária, uma carta fidejussória, de um banco que não é banco, cujos sócios estão sendo questionados aqui, num valor que ela não tem condições depois de honrar", disse Simone Tebet.

Tolentino nega ser sócio oculto da empresa. Após suspeitas de irregularidades, o governo cancelou o contrato de compra da Covaxin que previa a compra de 20 milhões de doses ao custo de 1,6 bilhão de reais.

 

[HURST -  MODELO 1 - SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: