terça, 17 de maio de 2022
Radar Corporativo

Cielo (CIEL3), Méliuz (CASH3) e Copel (CPLE6) são destaques positivos do Ibovespa nesta manhã

Confira as principais notícias corporativas do dia

17 janeiro 2022 - 10h52Por Investing.com

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - O Ibovespa operava com baixa de 0,26%, a 106.655 pontos às 10h26. Rede D'Or (SA:RDOR3), Banco Pan (SA:BPAN4) e Localiza (SA:RENT3)  lideram as quedas nesta manhã, enquanto Cielo (SA:CIEL3), Méliuz (SA:CASH3) e Copel (SA:CPLE6) são os destaques positivos do índice.

Confira as principais notícias corporativas do dia.

Vale (SA:VALE3) - A Vale retomou de forma parcial e gradual suas operações em Minas Gerais após o período de chuvas intensas que atingiram a região no início deste ano.

As ações recuam 0,56%, a R$ 84,22.

Braskem (SA:BRKM5) - A Braskem enviou ao órgão responsável pelo mercado de capitais dos Estados Unidos (SEC) um pedido de oferta de ações na qual Petrobras (SA:PETR4) e Novonor vão vender suas participações na companhia.

Os papéis caem 1,80%, a R$ 51,22.

Eztec (SA:EZTC3) - A Eztec teve vendas líquidas de R$ 369 milhões no quarto trimestre, avanço sobre o período imediatamente anterior e na comparação com os três últimos meses de 2020.

Os ativos disparam 2,36%, a R$ 19,05.

Aliansce (SA:ALSO3) Sonae e BR Malls (SA:BRML3) - A operadora de shoppings Aliansce Sonae disse nesta segunda-feira que continuará buscando uma fusão com a BR Malls, mesmo depois de a rival recusar sua oferta na semana passada. A empresa informou que está determinada a mostrar o mérito da potencial combinação de negócios ao conselho de administração e acionistas da BR Malls, pois vê a operação como uma "oportunidade única de geração de valor para os acionistas de ambas as companhias".

As ações da Aliansce caem 0,45%, enquanto as da BR Malls sobem 0,60%, a R$ 8,45.

JBS (SA:JBSS3) - A JBS informou que Gilberto Xandó renunciou ao cargo de conselheiro na última sexta-feira e assumiu a presidência da JBS Brasil. Em substituição a Xandó, o conselho de administração da companhia elegeu, em reunião na semana passada, Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo como membro independente.

Os ativos sobem 0,32%, a R$ 37,51.

Petrobras - O Projeto de Monitoramento de Praias (PMP) da Petrobras investiu R$ 120 milhões no ano passado para monitorar 94 espécies. Foram resgatados mais de 23 mil animais debilitados ou mortos nas praias do litoral brasileiro. O projeto cobre mais de 3 mil quilômetros do litoral brasileiro em 10 Estados e é considerado o maior projeto de monitoramento de praias do mundo.

Os papéis avançam 0,10%, a R$ 31,48.

Usiminas (SA:USIM5) - A Usiminas anunciou que está retomando aos poucos as operações em Minas Gerais, após a paralisação na semana passada causada pelas chuvas no estado.

As ações recuam 1,03%, a R$ 16,28.

Unidas (SA:LCAM3) - A Unidas pretende investir R$ 370 milhões na compra de 2 mil carros elétricos, sendo que 400 seriam modelos híbridos, para auxiliar na sua meta de ser carbono zero até 2028, segundo o Estado de S. Paulo.

Os papéis caem 2,19%, a R$ 22,38.

Cielo - As vendas no varejo cresceram 3% em dezembro, descontada a inflação, segundo divulgou a Cielo. Em termos nominais, que espelham a receita de vendas observadas pelo varejista, o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) registrou alta de 14,6%.

Os ativos disparam 5,45%, a R$ 2,13.

Sanepar (SA:SAPR11) - O Conselho de Administração da Sanepar aprovou a 12ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em até três séries da Companhia, no montante total de R$ 600 milhões.

As ações sobem 2,38%, a R$ 18,05.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content