sábado, 22 de janeiro de 2022
[Square Banner - Mobile Topo 2] [300x250] [mobile] - Assessoria Ipê Investimentos 2022
[SpaceNow Desktop] [200x74] [spacenow] - Melhores oportunidades 2022
[SpaceNow Mobile] [150x74] [spacenow] - Melhores oportunidades 2022
Balanço 2T21

Cielo (CIEL3) lucra R$ 180,4 milhões no 2º trimestre

Montante reverte prejuízo de R$ 75,2 milhões registrado um ano antes

03 agosto 2021 - 09h30Por Redação SpaceMoney
[Billboard Topo 2] [970x250] [pagina-inicial] - Melhores oportunidades 2022

A Cielo (CIEL3), controlada por Banco do Brasil (BBAS3) e Bradesco (BBDC4), reportou um lucro líquido de R$ 180,4 milhões no segundo trimestre deste ano. O montante reverte o prejuízo de R$ 75,2 milhões registrado um ano antes, quando a companhia foi afetada pelo período mais duro de restrições da pandemia de Covid-19.

“No comparativo com o mesmo trimestre de 2020, o resultado foi impulsionado pela melhora em todas as unidades de negócios, com destaque para a Cielo Brasil (negócio de adquirência no Brasil) e Cateno”, destacou a companhia, em relatório.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações (Ebtida) foi de R$ 582,8 milhões entre abril e junho deste ano, número 145% maior que o obtido um ano antes.

[04] [Square Detalhe Notícia] [300x250] [geral] Melhores investimentos 2022

A receita líquida da Cielo cresceu 14,8% na comparação anual e atingiu R$ 2,811 bilhões.

Ao final do segundo trimestre deste ano, a liquidez total da Cielo era de R$ 11,968 bilhões - um avanço de 63,4%.

Segundo a companhia, “o aumento observado na liquidez total em relação aos períodos anteriores é explicado, principalmente, pela entrada de recursos provenientes da estruturação do FIDC Emissor II, que aumentou a liquidez da Cielo Brasil em R$4,5 bilhões”.

O endividamento com empréstimos e financiamentos fechou em R$ 8,858 bilhões entre abril, maio e junho de 2021.

O volume de transações processadas no segundo trimestre foi de R$ 165,2 bilhões. 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content