terça, 16 de abril de 2024
Empresas

Casas Bahia (BHIA3) pode agrupar ações à razão de 25 por 1, determinam acionistas

A liquidação do grupamento da B3 foi programada para o dia 2 de janeiro de 2024

28 novembro 2023 - 07h52Por Lucas de Andrade

Acionistas do Grupo Casas Bahia (BHIA3) deliberaram em assembleia-geral extraordinária (AGE), na última segunda-feira, 27 de novembro, pelo grupamento de suas ações ordinárias à razão de 25:1, sem alteração do atual capital social.

De acordo com a varejista, acionistas poderão, a seu livre e exclusivo critério, ajustar suas respectivas posições via mercado, mediante a composição de suas frações de ações em lotes inteiros múltiplos de 25 ações, mediante negociações na B3, por intermédio de suas corretoras, no prazo de 30 dias a contar da divulgação do evento.

No dia útil seguinte ao fim do prazo de composição, em 28 de dezembro, as ações da companhia passarão a ser negociadas de forma exclusivamente grupada. 

A liquidação do grupamento da B3 foi programada para o dia 2 de janeiro de 2024. 

A data do leilão das frações de ações, bem como a data em que os recursos resultantes do leilão serão disponibilizados aos acionistas, serão comunicadas após o decurso do prazo de composição, por meio de aviso aos acionistas a ser oportunamente divulgado.