segunda, 08 de agosto de 2022
[E-BOOK - COMO INVESTIR 50K - SPACENOW DESKTOP - 200X74]
Fature nesse feriado!

Carnaval cancelado: especialista lista dicas para driblar os desafios e vender bem na data

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o feriado deve movimentar um valor 33% menor, quando comparado a 2020, antes da pandemia de Covid-19 ser decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS)

24 fevereiro 2022 - 14h22Por Redação SpaceMoney
Carnaval de ruaCarnaval de rua - Crédito: Edson Lopes Jr., para a Prefeitura de São Paulo

O carnaval sempre um dos feriados mais desejados pelos brasileiros e, consequentemente, pelo comércio, já que as festas, que atraem pessoas de todo o mundo e regiões, movimenta a economia de diversos setores.

Entretanto, as festividades do carnaval deste ano, como os blocos de rua, já foram canceladas nas principais capitais do país, devido ao impacto da variante da Covid 19, o que preocupa os comerciantes.

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o feriado deve movimentar um valor 33% menor, quando comparado a 2020, antes da pandemia de Covid-19 ser decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

Ou seja, o Carnaval de 2022 deve ter um faturamento próximo aos R$ 6,45 bilhões, sendo que, antes da crise sanitária, o evento nacional costumava movimentar, em média, R$ 9,5 bilhões em receitas.

Porém, mesmo sem as festas, os estabelecimentos comerciais da maioria das cidades poderão funcionar normalmente entre os dias 26 de fevereiro e 2 de março, já que as entidades entendem que a data se trata de um ponto facultativo e depende da administração dos estados e municípios definir se haverá descanso ou não.

Para a Allis Comunicação, com o comércio em funcionamento normal e muitas pessoas que não irão trabalhar e querem aproveitar os dias de folga, essa vai ser a hora de buscar estratégias para conseguir resultados de vendas durante o período. 

[EBOOK - COMO INVESTIR 50k -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

As lojas físicas são a maior preocupação no momento que, por aumentar o estoque no local para atender as demandas do feriado, precisam encontrar formas de não obter prejuízos. Confira algumas dicas:

Entender o público-alvo e o tipo de loja

Um aspecto fundamental para o sucesso nas vendas: entender o comportamento de comunicação que se deve ter de acordo com a loja e o público-alvo.

[EBOOK - COMO INVESTIR 50k -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Para isso, você precisa saber qual o tipo do varejo, se de autosserviço, de balcão, misto, qual a região, o tipo de shopper e de vendedor.

Assim, será possível entender porque os clientes irão até o estabelecimento neste carnaval, se vai para comprar alimentos para consumir no feriado, roupas ou fantasias, ou ainda acessórios de decoração.

A partir daí, será necessário preparar os vendedores de acordo com o que a loja pode oferecer a esses clientes: uma compra de preço, como os atacados, de diversidade, como os shoppings e bairros comerciais, ou de emergência, como um mercado ou loja de vizinhança onde se compra alimentos e itens de última hora.

No caso de lojas de fantasias, por exemplo, recomenda-se trazer mais foco aos acessórios simples que estão em tendência, como saiotes e tiaras, para atender as pessoas que não querem passar a data em branco e farão pequenas comemorações entre família ou amigos.

Deixar a loja física atrativa para seu consumidor

Com o Carnaval, ainda que o varejo invista na divulgação da sua marca e de seus produtos de forma digital e externa, é necessário dar a devida importância ao ponto de venda.

Afinal, estamos em um momento que, apesar de a pandemia ainda estar preocupando, muitas pessoas já voltaram a realizar compras físicas.

Neste caso, a decisão final do cliente está, 70% das vezes, dentro da loja, ou seja, no ato da compra, portanto o desafio inicial é fazer com que entre no estabelecimento.

"Uma dica é deixar a sua loja física no clima carnavalesco para chamar a atenção dos clientes e proporcionar um ambiente divertido ideal para a data, com diferentes cores e decorações. Isso faz com que o comércio se aproxime dos clientes e compartilhe o desejo de comemorar o carnaval, mesmo que de formas diferente", afirma André Romero, diretor da Allis Comunicação. 

Faça promoções alinhadas com o feriado

Em datas comemorativas, principalmente em tempos difíceis em que a concorrência aumenta ainda mais, uma das principais estratégias das lojas é fazer promoções para gerar vendas.

No carnaval, essa necessidade é ainda maior, já que ocorre no começo do ano, depois de as pessoas já terem enfrentado alguns gastos com Natal, Ano Novo, volta às aulas, IPTU, IPVA etc.

Portanto, para incentivar as compras, é possível oferecer produtos com preços reduzidos, cupons de descontos e brindes.

"Ainda assim, é preciso ter cuidado na hora de reduzir os valores dos produtos, para que não se tenha prejuízos por querer atrair mais clientes. Faça as promoções de modo que ainda haja algum lucro e não foque em produtos que não são atrativos para o seu público-alvo. No caso do canaval, o ideal é promover os itens que combinem com a data", aconselha André.

Com informações de Ideia e Efeito Assessoria de Imprensa e Comunicação.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: