terça, 17 de maio de 2022
Operação avança

SG do Cade recomenda compra do Big pelo Carrefour Brasil (CRFB3), mas com remédios antitruste

Órgão dispõe de até 240 dias, prorrogáveis por mais 90, para concluir a apreciação de atos de concentração

25 janeiro 2022 - 10h10Por Redação SpaceMoney

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) remeteu para análise do Tribunal da autarquia a aquisição da totalidade das ações de emissão do Grupo Big Brasil com a recomendação que o negócio fosse aprovado mediante a adoção de remédio negociado com as empresas, para mitigar riscos concorrenciais decorrentes da operação.

As empresas envolvidas no negócio são atualmente concorrentes em três mercados: comércio varejista de autosserviço (Supermercado, Hipermercado, Atacarejos e Clubes de Compras); atacado de distribuição de produtos primordialmente alimentícios e outros bens; e revenda de combustíveis no varejo, segundo a Superintendência-Geral do Cade.

O órgão tem até junho de 2022 para decidir de forma definitiva sobre as recomendações da superintendência, incluídos os termos do Acordo em Controle de Concentrações (ACC) negociado.

Após a conclusão da operação, o Carrefour vai iniciar os trabalhos para a conversão de 388 lojas - 63 Maxxi, 43 Sam’s Club, 86 BIG, 45 Super Bompreço, 54 Nacional e 97 TodoDia.

Com informações complementares de InfoMoney e Monitor do Mercado.

 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content